FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Infeccao de Associada a Cateter Venoso Central" obteve 58 resultados.

Página:  de 6

06/12/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Prevenção de Infecção Associada a Cateter Venoso Central - Campanha “5 Milhões de Vidas”

...spectivo observacional avaliando cateteres inseridos pelo departamento de medicina intensiva de um hospital universitário, os autores concluíram que o sítio de inserção não era fator de risco para infecção quando médicos experientes faziam o procedimento, técnicas estéreis eram utilizadas e enfermagem de terapia intensiva adequadamente treinada realizava os cuidados. · Outros estudos dem......

Ver Índice

06/12/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Prevenção de Infecção Associada a Cateter Venoso Central - Campanha “5 Milhões de Vidas”

...inserção por via subclávia pode apresentar outros riscos, por exemplo: potencial para complicações mecânicas, risco de estenose da veia subclávia, etc). Nestes casos, considera-se que as equipes aderiram à escolha adequada, desde que utilizem uma construção lógica para escolha do local de inserção. Do ponto de vista prático, esta é a ordem de escolha quanto a infecção: · ......

Ver Índice

21/10/2015

Revisões

Cateteres venosos centrais

...máscara e toca cirúrgica e campos estéreis sobre o paciente. O ultrassom deve estar coberto por capa estéril e ser utilizado gel condutor estéril. A agulha é inserida montada em uma seringa no acesso escolhido (em geral jugular interna). Uma vez que o sangue é aspirado livremente, deve retirar-se a sonda de ultrassom e a seringa da agulha. O fluxo de sangue a partir da agulha deve ser não pulsát......

Ver Índice

13/08/2015

Revisões Internacionais

Neuroimagem para o médico

... adjacente, neste caso, os ápices petrosos. (b) CT axial mostrando artefatos em forma de estrias, obscurecendo a visualizanção de estruturas da fossa posterior. Este artefato é causado por objetos metálicos, neste caso, amálgamas dentárias. (c) Imagens de recuperação de inversão atenuada por fluídos (FLAIR) axial T2, mostrando artefato de movimento obscurecendo a visualização das estruturas cerebr......

Ver Índice

12/12/2013

Revisões Internacionais

Nutrição enteral e parenteral – Thomas B. Nealis, Alan Buchman

...umentada, isto não está comprovado na literatura.143 Os pacientes com doenças graves que permanecem por tempo prolongado na posição supinada apresentam maior risco de aspiração, bem como aqueles com condição mental alterada.144 As principais estratégias preventivas consistem em manter a cabeça e a porção superior do tórax destes pacientes (e não apenas o leito) elevadas a pelo menos 45º o tempo to......

Ver Índice

10/01/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Consenso Sobre de Práticas para a Segurança do Paciente – National Quality Forum (EUA)

... de Vidas” Introdução à Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS Prevenção de Úlcera de Pressão - Campanha “5 Milhões de Vidas” Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva Prevenção de Danos por Medicamentos de Alto Risco - Campanha “5 Milhões de Vidas” Consenso Sobre de Práticas para a Segurança do Paciente – National Quality Forum (EUA) (Livre) Artig......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vancomicina

...dolescentes dose usual: 500 mg cada 6 horas, ou 1 g cada 12 horas. Limite de doses: 3 - 4 g por dia Indicações especiais infecção por S. aureus com CIM < 1 mg/L: 15 a 20 mg por quilo de peso corporal real cada 8 a 12 horas (realizar monitoramento terapêutico – ver OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES). endocardite bacteriana (profilaxia): 1 g, administrado durante 2 horas (administração deve......

Ver Índice

12/05/2015

Revisões

Indicações para transfusão de plaquetas

...quetas na transfusão teria efeito hemostático similar. Assim quatro estudos randomizados com 1.132 pacientes comparam o uso de uma aférese (equivalente a seis concentrados de plaquetas) e meia aférese de plaquetas, o risco de sangramento grau 2 e mortalidade associada ao sangramento foi similar nos dois grupos. Alguns fatores influenciam o risco de sangramento espontâneo, que são os seguintes:......

Ver Índice

04/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução - Primum Non Nocere

...vitar dor · Cuidados com via aérea · Cuidados com perdas sangüíneas · Cuidados com alergias ou reações adversas a medicação · Minimizar infecção cirúrgica · Evitar perda de instrumental cirúrgico em feridas operatórias · Identificar espécimes cirúrgicos · Comunicação com o paciente · Lançamento: 2008 · Busca a......

Ver Índice

04/03/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução - Primum Non Nocere

...na medicina e o quanto podemos beneficiar os pacientes com esse avanço: o princípio de Primum Non Nocere. Podemos nos atrever a uma tradução não completamente literal desse aforisma: “Antes de tudo, não cause dano, não prejudique o paciente”. Este pensamento não deve ser causa de receio ou medo por parte de médicos ou outros profissionais da saúde quanto aos cuidados administrados a um paciente, m......

Ver Índice

Página:  de 6

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal