FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Protocolo de Nao Sedacao Para Ventilacao Mecanica" obteve 18 resultados.

Página:  de 2

12/04/2010

Artigos

Protocolo de não sedação para ventilação mecânica

...lgesia adequadas são partes fundamentais do atendimento do paciente grave. No entanto, o uso excessivo de sedativos associa-se a diversos efeitos colaterais como maior tempo de ventilação mecânica2 e delirium3. Além disso, algumas evidências sugerem que manter memórias reais dos fatos que ocorreram na UTI é um fator protetor para a ocorrência de stress pós-traumático posterior4. Diversos estudos t......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

...os e, possivelmente, a quelação com deferoxamina. Os pacientes que estão em choque devem receber vigorosa reposição IV de líquidos. Como o carvão ativado não fixa o ferro, não deve ser administrado a menos que se suspeite também de dose excessiva de outro fármaco. A lavagem gástrica pode ser útil em pacientes que ingeriram preparações líquidas ou sólidas de ferro; entretanto, se os comprimidos int......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...ela 7: Fatores de risco para isquemia perioperatória Pré-operatórios Angina instável ou infarto recente, lesão de tronco de coronária esquerda, idade avançada, diabetes, disfunção ventricular esquerda, aumento da pressão diastólica final do VE e reoperação Intraoperatórios Tempo de circulação extracorpórea prolongada, endarterectomia coronariana, revascularização incompleta, in......

Ver Índice

08/08/2009

Artigos

Comparação de drogas para intubação

...indicações ao uso de etomidato, quetamina ou succinilcolina. Também foram excluídos, como parte do protocolo, pacientes que morreram antes de chegar ao hospital ou que tiveram alta da UTI em menos de três dias. Os pacientes foram randomizados para o grupo etomidato (0,3mg/kg endovenoso em bolus) ou quetamina (2mg/kg endovenoso em bolus). Os médicos dos serviços de emergência estavam cientes de qu......

Ver Índice

26/04/2011

Artigos

Craniectomia Descompressiva em TCE

...cluídos 155 pacientes (73 no grupo da craniectomia descompressiva e 82 no grupo de tratamento convencional). À randomização, menos pacientes no grupo da craniectomia descompressiva tinham pupilas reativas (27 vs. 12%; p=0,04). A mediana de tempo da randomização à cirurgia no grupo da craniectomia descompressiva foi de 2,3 horas. Quinze (18%) dos pacientes do grupo de tratamento convencional foram......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Controle de infecções relacionadas à assistência à saúde

...omprometido e condições de comorbidade, como diabetes, disfunção renal e incontinência.6 Os fatores de risco incluem a duração do uso do cateter, inserção e cuidado inadequados dos cateteres urinários, inserção de cateteres fora da sala de cirurgia (SC), uso de cateteres para monitoramento da urina e não manutenção de um sistema de drenagem fechado.7 As ITUACs podem surgir de várias fontes. As b......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Controle de infecções relacionadas à assistência à saúde

...entos médico-hospitalares, uso de precauções-padrão e educação e treinamento de PASs. Clostridium difficile O Clostridium difficile (C. diff) é um bacilo gram-positivo, que forma esporos, normalmente encontrado no trato intestinal de pessoas saudáveis. Pode provocar diarreia e outros quadros intestinais mais graves, como colite, quando os micro-organismos presentes no trato intestinal são err......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

... Esquemas de administração Adultos Anestesia espinhal para cesariana t Dose de 7,5 a 10,5 mg. Analgesia de parto t Dose de 6 mg em parto normal. Anestesia espinhal para cirurgia abdominal t Dose de 12 (cirurgia abdominal baixa) a 15 mg (cirurgia abdominal alta). Anestesia espinhal para cirurgia perineal t Dose de 7,5 mg. Aspectos farmacocinéticos clinicamente relevantes ......

Ver Índice

24/05/2013

Revisões Internacionais

Técnicas diagnósticas e terapêuticas invasivas na doença pulmonar – Raphael Bueno, David J. Sugarbak

...ão de diafragma e posicionamento subcutâneo. Procedimentos específicos Drenagem torácica no pneumotórax. A cada ano, algo entre 30.000 e 110.000 pacientes desenvolvem pneumotórax nos Estados Unidos.35 A drenagem torácica é indicada para pacientes com pneumotórax; quando o paciente é sintomático ou está sob ventilação mecânica; se o pneumotórax for amplo (> 40% do hemitórax em casos de pn......

Ver Índice

12/06/2012

Revisões Internacionais

Lesão traumática cerebral – Geoffrey S.F. Ling; William Watson; David F. Moore

...alidade e morbidade globais associadas à LTC tem sido promovida pela adoção de diretrizes de abordagem clínica baseada em evidências.6,7 Patogênese A LTC apresenta duas fases. A primeira fase consiste na lesão aos neurônios e estruturas de sustentação (glia e tecido vascular) que resulta diretamente da ação de forças físicas associadas a um evento traumático (LTC primária). A segunda fase ou......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal