FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Protocolo de Nao Sedacao Para Ventilacao Mecanica" obteve 19 resultados.

Página:  de 2

12/04/2010

Artigos

Protocolo de não sedação para ventilação mecânica

...ted symptoms after intensive care. Crit Care Med 2001; 29(3):573-580. (5) Brook AD, Ahrens TS, Schaiff R, Prentice D, Sherman G, Shannon W et al. Effect of a nursing-implemented sedation protocol on the duration of mechanical ventilation. Crit Care Med 1999; 27(12):2609-2615. (6) Brattebo G, Hofoss D, Flaatten H, Muri AK, Gjerde S, Plsek PE. Effect of a scoring system and protocol ......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

...bstâncias causadoras de metemoglobinemia A metemoglobina é uma forma oxidada de hemoglobina que é incapaz de transportar e ofertar oxigênio normalmente. Inúmeras substâncias oxidantes podem converter a hemoglobina em sua forma oxidada, causando metemoglobinemia.141 Estas substâncias incluem os anestésicos locais (p. ex., benzocaína e lidocaína), antimicrobianos (p. ex., cloroquina, dapsona, prima......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...grama seriados. Na chegada do paciente à UTI, devem ser obtidas informações sobre a hemostasia na sala de cirurgia, dose de heparina, protamina, antifibrinolíticos e hemoderivados. O intensivista deve ficar atento para o diagnóstico precoce, o manejo adequado dos hemoterápicos e a definição do melhor momento para indicar abordagem cirúrgica. Não há consenso em relação à definição de débito excessi......

Ver Índice

24/02/2017

Revisões Internacionais

Cuidados Neurointensivos

... estão usando medicamentos imunossupressivos, estão em crise e continuam dependendo de ventilação por 2 semanas, a despeito da terapia à base de TP e de IGIV. Nos casos de crises graves, o regime mais adequado é de 1mg/kg de prednisona em uma única dose diária, continuando durante, pelo menos, 1 mês. Caso ocorra alguma melhora, o paciente deverá se comprometer a fazer, no mínimo, 6 meses de tratam......

Ver Índice

08/08/2009

Artigos

Comparação de drogas para intubação

...atic review. JAMA 2009; 301(22):2362-2375. 6. Sligl WI, Milner DA, Jr., Sundar S, Mphatswe W, Majumdar SR. Safety and efficacy of corticosteroids for the treatment of septic shock: A systematic review and meta-analysis. Clin Infect Dis 2009; 49(1):93-101. Comparação de drogas para intubação Antonio Paulo Nassar Junior Segurança e eficácia do corticóide no choque séptico – revisão sistemática e me......

Ver Índice

26/04/2011

Artigos

Craniectomia Descompressiva em TCE

...idos à craniectomia descompressiva e em 42 (51%) dos que receberam apenas o tratamento convencional (p=0,02). Após ajuste para a diferença na reatividade pupilar, essa diferença de resultado deixou de ser significante (OR 1,53; IC 95% 0,86-2,73; p=0,15). Aplicações para a Prática Clínica Este estudo refutou a hipótese dos autores e de muitos intensivistas e neurocirurgiões e mostrou um pior p......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Controle de infecções relacionadas à assistência à saúde

...sujos; trabalhar de áreas e itens limpos para os sujos, a fim de evitar contaminação; esfregar para remover os esporos; mudar o material e os esfregões de limpeza frequentemente; evitar mergulhar o material de limpeza nas soluções para não contaminá-las; e fazer limpeza e desinfecção final dos quartos. Dica Ao limpar os quartos de pacientes infectados com C. diff, os hospitais devem d......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Controle de infecções relacionadas à assistência à saúde

...S (e vice-versa). Alguns hospitais usam precauções-padrão e de contato para todos os pacientes com MULTIRs, enquanto outros as usam de forma consistente e exercem as de contato apenas com base em sua avaliação do problema local com MULTIR, quando as medidas básicas de prevenção e controle de infecções não conseguem controlar MULTIRs e quando a prevalência ou incidência de um MULTIR específico não ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...s. – história de colite pseudomembranosa. – insuficiência renal (ver Apêndice D). – insuficiência hepática (ver Apêndice C). t Categoria de risco na gravidez (FDA): B. Esquemas de administração Neonatos Infecções por bactérias sensíveis t 25 mg/kg, por via intravenosa, a cada 6 horas. Crianças Infecções por bactérias sensíveis t 80 a 160 mg/kg, por via intraven......

Ver Índice

24/05/2013

Revisões Internacionais

Técnicas diagnósticas e terapêuticas invasivas na doença pulmonar – Raphael Bueno, David J. Sugarbak

...e tiver hipertensão pulmonar subjacente. Os casos de morte são raros, mas a morte do paciente pode resultar da formação de êmbolos de ar, parada cardíaca, pneumotórax hipertensivo ou hemorragia. Na avaliação das lesões mediastinais, as complicações dos procedimentos de A/BATT ocorrem em 5 a 25% dos pacientes e incluem pneumotórax, sangramento e derrame pleural. Rendimento Quando empregada n......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal