FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Reducao do Risco de Infeccoes Por Meio do Controle Ambiental" obteve 51 resultados.

Página:  de 6

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Redução do risco de infecções por meio do controle ambiental

... não é muito confiável. Os PASs podem esquecer a frequência com a qual lavam as mãos e, às vezes, podem exagerar sobre sua adesão, criando, assim, uma imagem excessivamente positiva. Ao usar ferramentas de autoavaliação, os hospitais podem querer verificar os resultados usando outro método de avaliação. Por exemplo, os hospitais podem executar algumas observações diretas para corroborar os achados......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Redução do risco de infecções por meio do controle ambiental

...segurança podem ajudar a melhorar a adesão a ela. Eles devem incentivar uma cultura que não apenas destaque a importância de empregar a lavagem e antissepsia frequente e completa, mas que frise que não fazê-lo é inaceitável. Isso requer apoio e envolvimento claro da liderança, repetição, lembretes em todos os locais, monitoramento, feedback, estímulo aos PASs para que relatem casos de não adesão, ......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 4 – Intervenções no controle de infecções: o caminho da prevenção

... 1999. 14. Stausbaugh L.J., Crossley K.B., Nurse B.A., Thrupp L.D.: Antimicrobial resistance in long term care facilities. Infect Control Hosp Epidemiol 17:129-140, Feb. 1996. 15. CDC-DHQP Web site: www.cdc.gov/ncidod/hip/ARESIST/ca_mrsa.htm 16. Centers for Disease Control and Prevention: HICPAC Guidelines for infection control in health care personnel, 1998. Am J Infect Control 26:......

Ver Índice

11/11/2016

Revisões Internacionais

Infeccoes Micoticas em Hospedeiros Comprometidos

... Dosagem Eficácia Relativa Comentários Sistema nervoso central Anfotericina 0,7-1,0mg/Kg IV, diariamente, em pacientes aidéticos; 0,5-0,8mg/Kg IV diariamente em pacientes não aidéticos; continuar por 2-6 semanas. Agente de primeira escolha. Continuar até o paciente se estabilizar e estiver afebril; a formulação lipídica é preferível em receptores de transplante de órgãos. ......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...de deve ser feita a borrifação? • Nas paredes internas e externas do domicílio, incluindo o teto, quando a altura deste for de até 3 metros. • Nos abrigos de animais ou anexos, quando os mesmos forem feitos com superfícies de proteção (parede) e possuam cobertura superior (teto). Qual produto deverá ser utilizado? • Os produtos mais empregados no controle a esses vetores são ......

Ver Índice

02/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Cólera

...s adultos às fontes de infecção. Nas áreas endêmicas, observa-se maior incidência nas faixas etárias mais jovens, em função da imunidade que vai sendo adquirida à medida que o vibrião circula. A distribuição dos casos de acordo com a ocupação poderá indicar os grupos profissionais expostos a maior risco. A distribuição dos casos por dia, semana epidemiológica, mês ou ano permitirá a análise da ev......

Ver Índice

30/01/2018

Revisões Internacionais

Artrite Reumatóide: Etiologia e Patogênese

... longo do tempo. Recentemente, os critérios de classificação foram revisados e o novo sistema dá grande ênfase à sorologia e ao diagnóstico precoce em pacientes com algumas articulações inchadas ou sensíveis.1 Alterações radiográficas clássicas, como as erosões marginais, deixaram de ser consideradas, ao passo que foram incluídas as evidências reveladas pela ultrassonografia na ausência de sinais......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 8 – Colaborando com a implementação de programas de controle de infecções

...uipes Líder: • Promove entendimento e comprometimento compartilhado da equipe para atender aos objetivos do processo • Planeja as reuniões da equipe – atividades logísticas e administrativas • Conduz as reuniões – mantém o foco • Designa a pessoa para controlar o tempo durante as reuniões (mantém a precisão do tempo durante as reuniões, alertando a equipe quando ele est......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

...induzida por ipeca, especialmente quando a êmese é induzida mais de 1 hora após a ingesta.41,42 Tabela 8. Métodos de descontaminação gastrintestinal Método e técnica Situações úteis Comentários Êmese: administrar 30 mL de xarope de ipeca, VO em adultos (15 mL em crianças); pode ser repetido após 30 min se não ocorrer vômito; como alternativa, dar 1 a 2 colheres de sopa de d......

Ver Índice

15/01/2014

Revisões Internacionais

Vasculopatias renais – Julieanne G. McGregor, Vimal K. Derebail, Abhijit V. Kshirsagar, Ronald J. Fa

...pico tem ação pró-coagulante in vivo. O anticoagulante lúpico é dirigido contra proteínas plasmáticas (em especial, a protrombina, mas também contra a anexina e a beta-2-glicoproteína) ligadas a fosfolipídios dotados de carga negativa. A beta-2-glicoproteína I é um importante inibidor da cascata de coagulação. Os anticorpos dirigidos contra esta proteína foram descritos há quase 10 anos. Os antico......

Ver Índice

Página:  de 6

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal