Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Ciprofloxacino oral injetável

CIPROFLOXACINO (ORAL; INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Referência

CIPRO (Bayer); CIPRO XR (Bayer)

 

Genérico

Apresentações assinaladas com G

 

Similar

CIPROCILIN (Legrand); PROFLOX (Sigma Pharma); QUINOFLOX (Biolab Sanus)

 

Cloridrato de ciprofloxacino, equivalente a ciprofloxacino

Uso oral

Comprimido 250 mg

CIPRO; G

 

Comprimido 500 mg

CIFLOX; G

 

Comprimido de liberação prolongada 500 mg

CIPRO XR

 

Comprimido de liberação prolongada 1 g

CIPRO XR

 

Lactato de ciprofloxacino equivalente a ciprofloxacino

Uso injetável

Injetável (solução)

CIPRO 200 mg/100 mL e 400 mg/200 mL

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

 

O que é

Antibacteriano [fluorquinolona; quinolona].

 

Para que serve

Bronquite bacteriana (exacerbação da); gastrenterite; gonorreia endocervical; gonorreia uretral; infecção articular; infecção da pele e dos tecidos moles; infecção óssea; infecção urinária; periodontite (tratamento associado ao metronidazol); pneumonia.

 

Como age

Inibe a síntese do DNA da bactéria. Absorção: rápida (com o estômago vazio). Biotransformação: no fígado, metabólitos pouco ativos. Eliminação - urina: 30 a 50%(como droga inalterada); bile/fezes: 20 a 40%.

 

Como se usa

USO ORAL – DOSES

     doses em termos de ciprofloxacino.

     com ou sem alimento (sem alimento a absorção é mais rápida).

     não usar antiácidos, sucralfato, sulfato ferroso ou zinco simultaneamente com o produto. Se houver necessidade, tomá-los pelo menos 6 horas antes ou 2 horas depois do ciprofloxacino.

 

ADULTOS

     infecção urinária (fraca ou moderada): 250 mg cada 12 horas, durante 7 a 14 dias; (grave ou complicada): 500 mg cada 12 horas, durante 7 a 14 dias (ou mais).

     infecção (vias aéreas inferiores; ossos; articulações; pele) - fraca ou moderada: 500 mg cada 12 horas, durante 7 a 14 dias; - grave ou complicada: 750 mg cada 12 horas, durante 7 a 14 dias. Na infecção dos ossos ou das articulações, o tratamento pode estender-se por 4 a 6 semanas.

     diarreia infecciosa (fraca, moderada ou grave): 500 mg cada 12 horas, durante 5 a 7 dias.

     gonorreia endocervical; gonorreia uretral: 250 mg, como dose única.

     periodontite (tratamento associado ao metronidazol): 500 mg de ciprofloxacino + 500 mg de metronidazol cada 12 horas, durante 8 dias.

 

IDOSOS

     podem exigir doses menores em função da condição renal e possibilidade de efeitos adversos.

 

CRIANÇAS

     uso não recomendado até os 18 anos (risco potencial de doença articular).

 

USO INJETÁVEL

 

CIPROFLOXACINO (solução) 200 mg/100 mL – INFUSÃO INTRAVENOSA

     Diluição: produto pronto para uso em Glicose 5%.

     Aparência da solução: incolor a amarelo claro

     Tempo de infusão: 60 minutos; infundir em veia de grosso calibre.

 

CIPROFLOXACINO (solução) 400 mg/200 mL - INFUSÃO INTRAVENOSA

     Diluição: produto pronto para uso em Glicose 5%.

     Aparência da solução: incolor a amarelo claro

     Tempo de infusão: 60 minutos; infundir em veia de grosso calibre.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de ciprofloxacino.

 

ADULTOS

     infecção respiratória: 200 a 400 mg cada 12 horas.

     infecção urinária; diarreia infecciosa: 200 mg cada 12 horas.

     infecção grave (com risco de vida): 400 mg cada 8 horas.

     outra infecção: 200 a 400 mg cada 12 horas.

 

IDOSOS

     podem exigir doses menores em função da condição renal e possibilidade de efeitos adversos.

 

CRIANÇAS

     uso não recomendado até os 18 anos (risco potencial de doença articular).

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

Eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

Alergia ao produto ou a outra quinolona; menor de 18 anos (risco potencial de doença articular); tendinite ou ruptura de tendão (pode agravar).

 

Avaliar riscos x benefícios

Histórico de reação de fotossensibilidade/fototoxicidade; desordem do sistema nervoso central, como arterioesclerose ou epilepsia, ou outro fator que predisponha a convulsões, como diminuição da função renal ou determinado medicamento (o ciprofloxacino pode provocar convulsões); histórico de doença gastrintestinal (o ciprofloxacino pode causar colite pseudomembranosa); diminuição da função renal grave (pode ser necessário reduzir a dose).

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes)

GASTRINTESTINAL: diarreia; náusea.

 

Atenção com outros produtos

O ciprofloxacino:

 

     pode ter sua excreção diminuída por: probenecida.

     pode ter sua ação diminuída por: medicamento contendo sais metálicos (alumínio, cálcio ou magnésio); sucralfato.

     pode ter sua absorção diminuída por: didanosina.

     pode diminuir a concentração de: fenitoína.

     pode aumentar a ação de: cafeína; varfarina.

     pode aumentar o risco de toxicidade de: ciclosporina; teofilina.

     pode aumentar o risco de estimulação do sistema nervoso central com: anti-inflamatório não esteroide.

     pode aumentar a concentração de: tizanidina (não associar).

 

Outras considerações importantes

     evitar a exposição excessiva ao sol ou à luz ultravioleta. Se ocorrerem reações de fototoxicidade, o tratamento deve ser interrompido.

     tomar bastante líquido durante o tratamento (evitar cristalúria).

     o tratamento com ciprofloxacino deve ser descontinuado em caso de sintomas de neuropatia (dor, queimação, parestesia e/ou fraqueza) ou se ocorrer diminuição na sensibilidade ao toque, dor, temperatura ou força.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal