Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Isoniazida

ISONIAZIDA (ORAL) (nome genérico) (substância ativa)

 

O que é

Antituberculose; antibacteriano [tuberculostático; antimicobacteriano; ácido isonicotínico (derivado)]

 

Para que serve

Tuberculose (tratamento e prevenção).

 

Como age

Interfere com a biossíntese de ácidos nucléicos e de lípides pelos bacilos da tuberculose que estão ativamente se dividindo.

 

Como se usa

USO ORAL - DOSES

     doses em termos de ISONIAZIDA.

     com o estômago vazio, 1 hora antes ou 2 horas depois de refeição.

     se ocorrer irritação gastrintestinal, tomar o produto com algum alimento

     antiácidos contendo alumínio, ou laxativos, se necessários, devem ser tomados no mínimo 1 hora antes da ISONIAZIDA.

 

ADULTOS

Tratamento: 5 a 10 mg por kg de peso corporal por dia (até 300 mg por dia), durante 9 meses a 2 anos.

Prevenção: 300 mg por dia, em dose única, durante 6 meses a 1 ano.

 

CRIANÇAS

Tratamento: 10 a 20 mg por kg de peso corporal por dia (até 300 a 500 mg por dia), durante 18 meses.

Prevenção: 10 mg por kg de peso corporal por dia (até 300 mg por dia), em dose única, durante 6 meses a 1 ano.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

Eliminado no leite, observar a ocorrência de efeitos adversos.

 

Não usar o produto

Histórico de hipersensibilidade ou de reações como: febre ao produto, calafrios e inflamação nas juntas; doença hepática aguda ou histórico de dano hepático induzido pelo produto.

 

Avaliar riscos x benefícios

Alcoolismo ou uso de drogas ilícitas; doença hepática crônica; diminuição da função renal grave (reduzir a dose); tratamento anterior em que foi necessário interrupção devido a efeitos adversos possivelmente relacionados à ISONIAZIDA; desnutrição ou predisposição a neuropatia (diabéticos, alcoolismo).

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: neuropatia periférica (problema nos nervos periféricos) com doses de 10 mg/kg/dia; aumento de transaminases no sangue; testes de função do fígado levemente aumentados.

 

Atenção com outros produtos

A ISONIAZIDA:

 

     pode ter sua ação diminuída por: antiácido e laxante contendo alumínio.

     pode aumentar a ação de: anticoagulante oral; benzodiazepínico (diazepam, triazolam); alfentanila.

     pode aumentar as concentrações de: carbamazepina; fenitoína.

     pode diminuir a ação de: cetoconazol.

     pode sofrer ou provocar aumento das reações adversas com: álcool; cicloserina; dissulfiram; enflurano; meperidina; rifampicina; outro medicamento hepatotóxico (ver Apêndice).

 

Outras considerações importantes

     não ingerir bebida alcoólica em hipótese alguma (risco de toxicidade no fígado, além de prejudicar a ação do produto).

     esse produto deve ser tomado junto com outros medicamentos para tuberculose e em tratamentos de longa duração.

     não descontinuar o uso do produto por conta própria, nem abruptamente.

     testes visuais devem ser realizados antes e periodicamente durante o tratamento.

     testes hepáticos devem ser realizados periodicamente durante o tratamento

     o tratamento deve ser descontinuado se ocorrerem fadiga persistente, fraqueza ou febre por mais de 3 dias, mal-estar, náusea, vômito, falta de apetite inexplicada ou qualquer sinal sugestivo de dano ao fígado.

REMÉDIOS COM ISONIAZIDA EM SUA COMPOSIÇÃO

Fluodrazin
Isoniazida
Isoniazida e Rifampicina
Rifamp
Rifampicina+isoniazida

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal