Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Ranitidina

RANITIDINA (ORAL; INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Referência

ANTAK (GlaxoSmithKline)

 

Genérico

Apresentações assinaladas com G

 

Similar

LABEL (Aché); LOGAT (Libbs); PYLORID (GlaxoSmithKline); RANIDIN (União Química); RANITIL (EMS); ULCOREN (Medley); ZADINE (UCI); ZYLIUM (Farmasa)

 

Cloridrato de ranitidina equivalente a ranitidina

Uso oral

Comprimido 75 mg

Comprimido 150 mg

ANTAK; G

 

Xarope 75 mL/5mL

ANTAK; G

 

Comprimido 300 mg

ANTAK; G

 

Comprimido efervescente 150 mg

ANTAK

 

Comprimido efervescente 300 mg

ANTAK

 

Uso injetável

Injetável 50 mg/2 mL (25 mg/1 mL)

ANTAK; G

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C). Não congelar.

Proteção à luz: sim, necessária.

Aparência da solução: incolor a amarelo.

 

Citrato de bismuto ranitidina

Uso oral

Comprimido 400 mg

PYLORID

 

O que é

Antiulceroso; [aminoalquilfurano (derivado); antagonista dos receptores H2 da histamina].

 

Para que serve

Esofagite de refluxo; síndrome de Zöllinger-Ellison; úlcera de estômago; úlcera de duodeno.

 

Como age

Inibe a produção da secreção ácida, ligando-se aos receptores H2 da histamina nas células parietais do estômago.

 

Como se usa

USO ORAL - DOSES

     doses em termos de RANITIDINA.

     não tomar antiácido que contenha magnésio junto com a RANITIDINA (se necessário, usar hidróxido de alumínio).

     comprimido efervescente: dissolver completamente em água (mínimo de 75 mL) antes de ingerir.

 

ADULTOS

Úlcera de estômago; úlcera pós-operatória: 150 mg, 2 vezes por dia (ou 300 mg em dose única, à noite).

Prevenção da úlcera duodenal: 150 mg, 2 vezes por dia, junto com medicação anti-inflamatória não esteroide.

Úlcera de duodeno: 300 mg, 2 vezes por dia, durante 4 semanas; depois 150 mg, ao deitar, como manutenção, por mais 4 semanas.

Esofagite de refluxo: 150 mg, 2 vezes por dia ou 300 mg à noite; nos casos severos, 150 mg, 4 vezes por dia, durante 8 semanas.

Síndrome de Zöllinger-Ellison: 150 mg, 3 vezes por dia; alguns casos graves já exigiram até 6 g por dia.

 

IDOSOS: problemas específicos não documentados.

 

CRIANÇAS

Úlcera gástrica ou duodenal: 2 a 4 mg por kg de peso por dose, 2 vezes por dia (não ultrapassar 300 mg por dia).

Esofagite de refluxo: 2 a 8 mg por kg de peso por dose, 3 vezes por dia.

 

USO INJETÁVEL

 

RANITIDINA (solução) 50 mg/2 mL - VIA INTRAMUSCULAR

Estabilidade após aberto

24 h, protegido da luz.

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

RANITIDINA (solução) 50 mg/2 mL - VIA INTRAVENOSA DIRETA

Estabilidade após aberto

24 h, protegido da luz.

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: 20 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% ou com Glicose 5%

Temperatura ambiente (15-30°C): 48 h, protegida da luz.

Não utilizar se houver alteração de cor ou se contiver precipitado.

TEMPO DE INJEÇÃO: pelo menos 5 minutos.

 

RANITIDINA (solução) 50 mg/2 mL - INFUSÃO INTRAVENOSA

Estabilidade após aberto

24 h, protegido da luz.

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: pelo menos 100 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% ou com Glicose 5%

Temperatura ambiente (15-30°C): 48 h, protegida da luz.

Não utilizar se houver alteração de cor ou se contiver precipitado.

TEMPO DE INFUSÃO: 15 a 20 minutos (5 a 7 mL/minuto).

 

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de RANITIDINA.

 

ADULTOS

50 mg cada 6 a 8 horas, via intramuscular ou via intravenosa.

 

CRIANÇAS

Úlcera gástrica ou duodenal: 2 a 4 mg por kg de peso por dia, por infusão intravenosa.

Esofagite de refluxo: 2 a 8 mg por kg de peso por dose, 3 vezes por dia, por infusão intravenosa.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Risco B

 

Amamentação

Eliminado no leite. Problemas não documentados.

 

Não usar o produto

Alergia ao produto; porfiria (pode iniciar um ataque agudo); criança menor de 1 mês de idade.

 

Avaliar riscos x benefícios

Função renal diminuída; função hepática diminuída; idoso; paciente debilitado; doença pulmonar crônica; diabetes mellitus; imunocomprometido; paciente que esteja sob diálise.

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Coceira ou queimação no local da injeção; dor de cabeça; dor no local da injeção.

 

Atenção com outros produtos

A RANITIDINA:

 

     pode ter sua absorção alterada por: antiácido.

     pode diminuir a ação de: diazepam.

     pode aumentar a ação de: procainamida; sulfonilureia (glipizida); varfarina.

     pode diminuir a ação de: cetoconazol; itraconazol.

 

Outras considerações importantes

     Evitar: fumo; bebida alcoólica; alimento que irrite o aparelho digestivo; ácido acetilsalicílico; bebida contendo cafeína.

REMÉDIOS COM RANITIDINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Antagon
Antidin
Label
Label Comprimidos
Logat
Neozac
Raniclor
Ranidina
Ranitidin
Ranitil
Ranition
Tazepin
Ulcerocin
Ulcoren
Ultidin
Zadine
Zylium

Conteúdos Mais Acessados

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal