FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cefaleia e Mialgia ha 2 Meses" obteve 107 resultados.

Página:  de 11

22/03/2010

Casos Clínicos

Cefaléia e mialgia há 2 meses

...nte elevada). O exame diagnóstico confirmatório é a biópsia de artéria temporal, mas devemos ressaltar que em um paciente com quadro tão típico o tratamento não deve esperar o resultado da biópsia, pois o atraso no tratamento pode levar a complicação mais temida desta doença, que é a perda visual. O tratamento é a base de corticoterapia e, como ressaltamos previamente, deve ser instituída imediata......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...a 4 doses da vacina: Indivíduos expostos a risco moderado ou baixo de infecção: t primeira dose: na data de eleição. t segunda dose: um mês depois. t terceira dose: 6 meses após a primeira dose. Recém-nascidos prematuros com menos de 33 semanas ou peso inferior a 2.000 g e indivíduos que necessitem de proteção mais rápida ou estejam mais frequentemente expostos à infecção: t primeira dose: ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...intolerância a pirazinamida t 20 a 35 kg: 400 a 800 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a rifampicina e isoniazida, seguido de 7 meses de rifampicina e isoniazida. t 36 a 50 kg: 800 a 1.200 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a rifampicina e isoniazida, seguido de 7 meses de rifampicina e isoniazida. t Acima de 50 kg: 1.200 mg, por via oral, a......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...avaliação do caso e a situação epidemiológica o indicar, com a vacina tríplice, de preferência acelular (DTaP), se disponível, com administração de antitérmico profilático e demais precauções indicadas. Reações de Hipersensibilidade Graves: Choque Anafilático (Anafilaxia, Reação Anafilática) São reações que ocorrem menos de 2 horas após a aplicação da vacina (ou medicamento), geralmente na pr......

Ver Índice

31/03/2015

Revisões Internacionais

Zoonoses Virais

...ecnologia de clones infecciosos.12,13 Atualmente, a prevenção da doença depende exclusivamente do controle do mosquito e da adoção de medidas de proteção individual, como usar repelentes de mosquito. NOTA DO REVISOR TÉCNICO: recentemente, em 2014, a Organização Mundial da Saúde adotou uma nova classificação para a Dengue. Antes a dengue era classificada como Febre Hemorrágica da Dengue (FHD)......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

L

...istória de hipertensão. Contraindicações t Hipersensibilidade ao fármaco. t Gravidez. Categoria de risco na gravidez (FDA): C (primeiro trimestre) e D (segundo e terceiro trimestres) (ver Apêndice A). Precauções t Usar com cuidado nos casos de: – angioedema atual ou história de angioedema. – depleção de volume (corrigir depleção antes de iniciar o tratamento para preven......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

...omicina, seguido de 10 meses de isoniazida e cloridrato de etambutol. Tratamento de tuberculose quando há intolerância a isoniazida t 20 a 35 kg: 1.000 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a rifampicina, cloridrato de etambutol e sulfato de estreptomicina, seguido de 4 meses de rifampicina e cloridrato de etambutol. t 36 a 50 kg: 1.000 mg a 1.500 mg, por via oral, a ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

R

...ncomitante. Orientações aos pacientes t Orientar para utilizar o medicamento com estômago vazio, 1 hora antes ou 2 horas após as refeições. t Orientar para o uso durante todo o tempo prescrito, mesmo que haja melhora dos sintomas com as primeiras doses. t Agitar a suspensão antes de usar. t Treinar pacientes e cuidadores para reconhecerem sinais de doença hepática. Descontinuar o tratamen......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

... Período de incubação: 3 a 14 dias. 2. Sazonalidade: em países temperados entre abril e setembro. 3. Epidemiologia: transmissão a partir do carrapato (gênero Amblyomma). Pessoas com exposição ocupacional ou recreacional ao vetor têm risco aumentado de adquirir a doença. Tem ampla distribuição nos EUA, ocorrendo também no Canadá, América Central e do Sul. No Brasil predomina na região......

Ver Índice

08/08/2009

Revisões

Influenza (Gripe) Sazonal em pediatria

...r risco. No Brasil, o Ministério da Saúde recomenda e distribui a vacina gratuitamente para: 1. Todas as pessoas com mais de 60 anos de idade. 2. Indivíduos que estão recebendo tratamento, por tempo prolongado, com ácido acetilsalicílico e, portanto, estão em risco para o desenvolvimento da síndrome de Reye. 3. Indivíduos com doença pulmonar crônica (asma, doença pulmonar obstru......

Ver Índice

Página:  de 11

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal