FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Febre Macular" obteve 32 resultados.

Página:  de 4

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...u genitais. O diagnóstico nesta fase pode ser feito pela pesquisa do antígeno p24 no sangue ou do RNA viral no plasma. Farmacodermias As erupções cutâneas relacionadas a agentes são muito variadas, indo desde um rash macular benigno até o quadro grave da síndrome de Stevens-Johnson. Porém, o rash mais comum relacionado à medicação é um exantema macular que surge cerca de 8 dias após a admini......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...o de febre alta e rash escarlatiniforme, porém, às vezes, é polimorfo. Também fazem parte do quadro clínico hiperemia de faringe, fissuras labiais, língua em framboesa, conjuntivite, edema de mãos e pés com posterior descamação, adenopatia cervical e, em 25% dos casos, vasculite de artérias coronárias, às vezes com formação de aneurisma. Não há teste confirmatório específico para esta doença. O di......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

... Figura 7: Doença de Kawasaki RICKETISIOSES Agente etiológico: Rickettsia akari (ricketsiose vesicular); Rickettsia australis (tifo do carrapato de Queensland); Rickettsia conorii (febre botonosa); Rickettsia ricketsii (febre macular ou febre maculosa das Montanhas Rochosas); Rickettsia sibirica (febre do carrapato); Rickettsia prowazekii (tifo epidêmico); Rickettsia typhi (tifo murino); Ri......

Ver Índice

21/09/2016

Revisões Internacionais

Síndromes Autoinflamatórias

...akinra O medicamento anakinra, uma forma recombinante da IL-1Ra endógena que bloqueia a ligação da IL-1ß ao seu receptor, é considerado muito eficaz em alguns casos. Colchicina Os pacientes com TRAPS não respondem à colchicina. Complicações Há um grande risco de amiloidose (24% versus 2%) em pacientes com mutações que causam substituições de cisteina. Prognóstico TRAPS é uma condiç......

Ver Índice

20/10/2008

Revisões

Lesões de Cavidade Oral

... início do uso da medicação e o surgimento dos sintomas varia de uma a três semanas. Lesões Aftóides Estomatite Aftóide Recidlvante A estomatite aftóide recidivante (EAR) é a doença da mucosa oral mais comum, com prevalência de 10% a 20% da população geral, podendo chegar a 50% em grupos específicos. É mais freqüente em adultos jovens, brancos, com maior nível socioeconômico, não-fumantes......

Ver Índice

20/10/2008

Revisões

Lesões de Cavidade Oral

...principais manifestações clínicas são a gengivoestomatite herpética primária e as infecções recorrentes. A gengivoestomatite herpética primária é vista geralmente em crianças entre 2 e 5 anos, soronegativas ou adultos sem exposição prévia. Na maioria dos casos, é uma infecção subclínica ou com pequenas manifestações, usualmente atribuídas à erupção dentária. Quando há maior sintomatologia, estoma......

Ver Índice

17/12/2015

Casos Clínicos

Síndrome do choque tóxico por streptococcos

...de hipotensão em 40 a 50 por cento dos casos]. Outros achados incluem hipoalbuminemia, hipocalcemia, culturas de sangue positivas (em cerca de 60 por cento dos casos), e um aumento da concentração da CPK, o que sugere a presença de fascite necrotizante ou miosite. Infecção associada com a gravidez pelo GAS tem sido descrita desde tempos remostos por Semmelweis na década de 1850 e continua a ser ......

Ver Índice

03/05/2018

Revisões

Choque Tóxico por Estreptococos

... e radiografia de tórax. A gasometria arterial também é recomendada, apresentando frequentemente acidose metabólica. Hemoculturas são positivas em 60% dos casos; também devem ser colhidas culturas de outros sítios potencialmente afetados por infecção. Diagnóstico Diferencial O diagnóstico diferencial inclui STS, mionecrose associada com C. perfringens, mionecrose por micro-organismos anae......

Ver Índice

21/06/2018

Temas selecionados

Choque Tóxico por Estreptococos

...TSS e pode progredir para descamação, embora sua presença não seja necessária para o diagnóstico da doença. Os sinais clínicos de infecção incluem dor, edema e eritema localizado, seguido de equimoses e progressão para fasceíte ou miosite em 70 a 80% dos casos. Esses pacientes devem ser avaliados por um cirurgião sempre que se acreditar na possibilidade do diagnóstico de uma infecção necrotizante......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Purpúrica Brasileira (FPB)

...njuntivite e desenvolve quadro agudo de febre, acompanhado de algum outro sinal de toxemia (palidez perioral, vômitos, dor abdominal, alterações do estado de consciência, petéquias, púrpura ou outras manifestações hemorrágicas). Confirmado Quadro febril agudo em criança, com isolamento, no sangue ou no líquor, de H. Influenzae aegyptius; ou quadro febril agudo com manifestações hemorrágicas e......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal