FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Hemofilia Adquirida" obteve 26 resultados.

Página:  de 3

23/08/2013

Casos Clínicos

Hemofilia adquirida

...meses, com acompanhamento periódico por especialista. O rituximabe tem sido estudado recentemente também para este propósito, em virtude de seu sucesso em outras doenças, como a púrpura trombocitopênica idiopática. Seu uso é restrito a pacientes refratários e pode ser realizado ou não em combinação com outras terapias imunossupressoras, como ciclofosfamida e prednisona. Hemofilia adquirida Rodrig......

Ver Índice

14/07/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios da coagulação

...ta questão. Avaliação do sangramento pós-operatório Uma hemorragia grave durante ou após a cirurgia constitui um sério problema clínico, que requer diagnóstico rápido e intervenção imediata. A história de hemorragias do paciente, em especial os resultados decorrentes de procedimentos cirúrgicos anteriores, é extremamente útil. Entretanto, esta história pode ser inadequada ou incompleta. A 1ª......

Ver Índice

12/01/2015

Remédios

Fator VII

...): 3 h. refrigeração (2 - 8ºC): 3 h. Aparência da solução após a reconstituição: clara. Tempo de injeção: 2 a 5 minutos. Uso injetável – Doses • doses em termos de fator VII. Adultos hemofilia A ou B: 90 mcg/kg, por via intravenosa direta, cada 2 horas. Até atingir hemostasia ou a medicação ser desnecessária. pacientes hemofílicos submetidos a cirurgia: 90 mcg/kg, por via intravenosa dire......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Fator VIIa de Coagulação

... intravenosa lenta, a cada 4-6 horas, até obtenção de homeostasia. ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES5 • Início: 10-20 minutos. • Pico de concentração plasmática: 15 minutos. • Meia-vida de eliminação: 2,3 horas. Em pacientes pediátricos com hemofilia A ou B a meia-vida é de 1,3 horas. EFEITOS ADVERSOS5,13 • Hemorragia, redução do fibrinogênio plasmát......

Ver Índice

20/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Fator VII

...etado no leite. Não Usar o Produto Pacientes com hipersensibilidade conhecida ao medicamento ou a outro componente da formulação; hipersensibilidade conhecida a proteínas bovinas, de ratos ou hamsters. Avaliar Riscos X Benefícios Coagulação intravascular disseminada; doença aterosclerótica avançada; septicemia. Reações Mais Comuns SISTEMA NERVOSO CENTRAL: febre; dor de cabeça; náuse......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...imo, tacrolimo, citostáticos alquilantes e antimetabólitos): aumentam o risco de infecção pelo rotavírus e/ou reduzem a efetividade da vacinação. Recomenda-se um intervalo de 3 meses a 1 ano entre o encerramento da terapia imunossupressora e a vacinação ou, quando possível, a vacina deve ser administrada 2 a 4 semanas antes do início do tratamento imunossupressor. t Corticoides: vacinas de vírus......

Ver Índice

02/10/2013

Revisões Internacionais

Plaquetas e distúrbios vasculares – Lawrence L. K. Leung

...hol in humans. Am J Cardiol 2001;87: 82. 126.George JN, Shattil SJ. The clinical importance of acquired abnormalities of platelet function. N Engl J Med 1991;324: 27. 127.Baxter EJ, Scott LM, Campbell PJ, et al. Acquired mutation of the tyrosine kinase JAK2 in human myeloproliferative disorders. Lancet 2005;365:1954. 128.James C, Ugo V, Le Couedic JP, et al. A unique clonal JAK2 mutation leadin......

Ver Índice

28/03/2014

Revisões

Coagulação: distúrbios hemorrágicos

...emamente rara. Já a deficiência de um ou mais desses fatores está associada a anormalidades adicionais nas rotas intrínseca e extrínseca em muitas das doenças comuns adquiridas da coagulação, como na deficiência de vitamina K, na doença hepática e na CIVD. A constatação de um TP prolongado geralmente sugere doença adquirida. Doenças da rota extrínseca da coagulação A verificação de um TP prol......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

... de gálio, idarrubicina e cloridrato de metoclopramida. Fosfato de Potássio Monobásico + Fosfato de Potássio Dibásico Rachel Magarinos-Torres Na Rename 2010: itens 9, 10.3 Apresentação t Solução injetável (0,03 g + 0,1567 g)/mL (2 mEq de fosfato/mL) Indicações t Hipofosfatemia grave. t Nutrição parenteral Contraindicações t Hiperfosfatemia. t Hiperpotassemia. t In......

Ver Índice

20/08/2009

Biblioteca Livre

O Uso Clínico de Hemocomponentes

...to. Hepatopatas com sangramento ativo, por outro lado, podem se beneficiar da reposição de fatores da coagulação a partir do PFC. Por sua vez, o Complexo Protrombínico é eficaz na correção da deficiência de fatores de coagulação no hepatopata. No entanto, sua associação com eventos trombóticos desencoraja o uso nestes pacientes. Coagulação Intravascular Disseminada (CID): este grave distúrbio da......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal