FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Lidocaina Antiarritmico" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

30/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Lidocaína (antiarrítmico)

...ráfica e equipe preparada para eventual emergência. • checar periodicamente: eletrocardiograma; pressão sanguínea; concentração plasmática da lidocaína. • durante a administração da lidocaína: monitorar o paciente através de eletrocardiograma. • deve-se tratar pacientes com hipóxia, hipocalemia e problemas no balanço ácido-base. Lidocaína (antiarrítmico) Lidocaína (antiarrítmico......

Ver Índice

20/01/2014

Revisões Internacionais

Ressuscitação cardíaca – Terry J. Mengert

... insulina IV nestes pacientes). O bicarbonato de sódio é mais útil para pacientes com acidose metabólica concomitante, e é menos efetivo para redução dos níveis séricos de potássio em pacientes com insuficiência renal dependentes de diálise. Altas doses de albuterol nebulizado devem diminuir os níveis séricos de potássio em 0,5 a 1,5 mEq/L dentro de 30 a 60 min, porém sua administração durante uma......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Medicamentos Antiarrítmicos

... classe IV. Os fármacos que atuam nos ventrículos incluem os antiarrítmicos da classe I e III. Os fármacos que atuam na arritmia atrial incluem os antiarrítmicos da classe Ic, da classe III e os betabloqueadores; os que atuam em alvos periféricos incluem os antiarrítmicos da classe III; e aqueles que atuam no nodo átrio-ventricular incluem antiarrítmicos da classe Ic, da classe IV e os betabloquea......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Medicamentos Antiarrítmicos

... arritmia em um paciente particular. Por isso, sugere-se a classificação com base no tecido cardíaco de ação do medicamento. Os fármacos que atuam no nodo sino-atrial incluem betabloqueadores e antiarrítmicos da classe IV. Os fármacos que atuam nos ventrículos incluem os antiarrítmicos da classe I e III. Os fármacos que atuam na arritmia atrial incluem os antiarrítmicos da classe Ic, da classe III......

Ver Índice

12/08/2015

Revisões Internacionais

Ressuscitação Cardíaca

...(Classe llb, NE B); no entanto, como a RPC, a etiologia adjacente pode torná-la ineficaz. A atropina, terapia longa padrão, no tratamento inicial de assistolia ou bradicardia AESP, não é mais recomendada.4 O atraso no tratamento de um possível diagnóstico de causa reversível da AESP ou assistolia não deve ocorrer, pois rapidamente apresentará resultados deficitários. Figura 9 - Arr......

Ver Índice

08/05/2013

Revisões

Parada Cardiorrespiratória (PCR)

...entes nas intoxicações exógenas e que diretamente deprimem o miocárdio, os bloqueadores de canais de cálcio, betabloqueadores e antidepressivos tricíclicos são os mais frequentes. Seus antagonistas são, respectivamente, o cálcio iônico, o glucagon e o bicarbonato de sódio. Figura 3. Algoritmo de suporte avançado de vida (ACLS). AESP: atividade elétrica sem pulso; FV/TV: fibrilação ventri......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Cloridrato de Lidocaína

... de até 15 mL é recomendado dentro de 24 horas. • Anestesia de mucosas bucais durante procedimentos: 10-50 mg de aerossol a 10% (máximo 200 mg em 24 horas). Não exceder 30 mg de lidocaína por quadrante de gengiva ou mucosa oral no período de 1 hora e meia e de 200 mg dentro de 24 horas. • Cirurgia de catarata: aplicar o gel, 3 a 5 vezes, 15 a 20 minutos antes da cirurgia. Arritmias......

Ver Índice

25/09/2012

Revisões Internacionais

Arritmias ventriculares – Christopher J.G. Gray, Lorne J. Gula, Andrew D. Krahn, Allan C. Skanes, Ra

...nálise de estudos sobre implantação de CDI para prevenção secundária mostrou uma redução de 25% do risco relativo entre os pacientes submetidos à implantação de CDI vs. aqueles submetidos ao tratamento médico, geralmente com amiodarona.18 Os pacientes com TV sustentada e hemodinamicamente bem tolerada não foram investigados de modo sistemático. Na maioria das vezes, o prognóstico está relacionado......

Ver Índice

15/12/2009

Casos Clínicos

Taquiarritmias e Medicações Antiarrítmicas

...uma dose maior inicialmente (dose de ataque) e posterior dose de manutenção. O período médio de retirada total da droga é de 52 dias. · Dose de ataque (oral): 800 a 1.200 mg/dia por 2 semanas. · Dose de manutenção (oral): 100 a 400 mg/dia. · Dose de ataque (venoso): 5 mg/kg em 10 min. Após 10 a 20 mg/kg/dia, podem ser divididos em 3 a 4 doses. 4. Efeitos adversos Bradiarr......

Ver Índice

14/01/2015

Remédios

Fosamprenavir

... (pode ocorrer) diabetes mellitus pré-existente (pode agravar); neutropenia; erupção grave na pele; síndrome de Stevens-Johnson; hemofilia tipo A ou B (sangramento espontâneo pode ocorrer); paciente com hepatite crônica tipo B ou C (risco de aumento das enzimas hepáticas); hipersensibilidade conhecida a drogas contendo sulfonamida; infecção oportunista; triglicerídeo (pode aumentar). Reações m......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal