FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Nutricao" obteve 260 resultados.

Página:  de 26

13/06/2016

Artigos

Nutrição parenteral precoce x tardia em doentes críticos pediátricos

...ntes dentro de uma estratégia de qualidade com menor uso de recursos. A superioridade clínica de nutrição parenteral tardia foi demonstrada independentemente do diagnóstico, gravidade da doença, risco de desnutrição, ou idade da criança. A observação de que crianças gravemente doentes em maior risco de desnutrição têm benefício da retenção de nutrição parenteral precoce foi inesperado. No entanto,......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Agentes Empregados na Terapêutica de Nutrição Parenteral

...(10% a 50%) devem ser infundidas em um cateter venoso central para evitar trombose2 (ver monografia, página 746). As emulsões lipídicas apresentam como vantagens: elevada proporção de energia por volume de fluido; pH neutro; iso-osmolaridade com o plasma; e fornecem ácidos graxos essenciais. Entre as reações adversas, incluem-se episódios febris ocasionais (usualmente com emulsões a 20%) e respo......

Ver Índice

16/09/2015

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Agentes Empregados na Terapêutica de Nutrição Parenteral

...s de até um mês. Fatores que prolongam a vida da cânula e previnem tromboflebites incluem o uso de cânulas pediátricas de poliuretano flexível e o uso de soluções de baixa osmolaridade e pH neutro. Somente fluidos nutritivos devem ser administrados por via intravenosa exclusiva. O uso de cateter venoso central percutâneo resultou em menos procedimentos dolorosos (punções venosas) que o uso de câ......

Ver Índice

12/12/2013

Revisões Internacionais

Nutrição enteral e parenteral – Thomas B. Nealis, Alan Buchman

...iversos estudos como modelo preditivo para complicações relacionadas à nutrição.19-21 A AGS deve ser aplicada a todos os pacientes internados, no momento da admissão ao hospital, para ajudar a identificar aqueles que provavelmente serão beneficiados pelo suporte nutricional. Indicações e contraindicações para a nutrição enteral (NE) e parenteral (NP) A Tabela 1 lista as indicações e contra......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Serviços de alimentação e nutrição

... controles. · Etapa 3: Estabelecer os limites ou critérios críticos (procedimentos de controle e padrões do PCC) que devem ser cumpridos em cada PCC identificado. · Etapa 4: Delinear a responsabilidade dos manipuladores e supervisores de alimentos para fazer observações e registrar as temperaturas. · Etapa 5: Realizar a ação corretiva necessária. · Etapa 6: Desenvolver um s......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Serviços de alimentação e nutrição

...s para roedores, pestes e insetos, que sejam feitos com regularidade.1 O gerente do setor deve fazer inspeções semanais para garantir que todos os padrões sanitários sejam cumpridos.1 Em alguns casos, o prevencionista de infecções pode participar dessas inspeções. Como ocorre em qualquer processo de inspeção, formulários ou checklists podem ajudar os gerentes a lembrar de riscos sanitários especí......

Ver Índice

14/11/2011

Artigos

Nutrição parenteral precoce vs. tardia em pacientes críticos

... vs. 26,2%; p = 0,008). A necessidade de ventilação mecânica por mais de 48h foi menos comum no grupo de NP tardia (36,3 vs. 40,2%; p = 0,006). Não houve diferenças quanto à necessidade de diálise (8,6 vs. 8,9%), mas o período em que os pacientes ficaram submetidos a ela foi menor no grupo de NP tardia (mediana de 7 vs. 10 dias; p = 0,008). A internação hospitalar dos pacientes do grupo NP tardia ......

Ver Índice

07/03/2012

Artigos

Glutamina e selênio para suplementação de nutrição parenteral

... incluídos 126 pacientes no grupo glutamina, 127 no grupo selênio, 124 no grupo glutamina + selênio e 125 no grupo controle. Não houve diferenças quanto à taxa de infecção no grupo com selênio vs. sem selênio (50 vs. 55%; p=0,24), bem como no grupo com glutamina vs. sem glutamina (54 vs. 52%; p=0,71). Também não houve nenhuma interação entre o selênio e a glutamina. Não houve diferenças também ......

Ver Índice

Aulas

Nutrição no paciente crítico pediátrico - 31 min

...Aula gravada durante a Jornada de Emergências da Santa Casa de São Paulo, ocorrida em 25/3/2012. Nesta aula, a dra. Cristiane Kochi fala sobre quando e como iniciar a nutrição no paciente pediátrico grave.......

Conteúdo em vídeo

Aulas

Nutrição após cirurgia da obesidade - 18 min

...Nesta aula, a dra. Melina Castro traça uma estratégia nutricional e apresenta um esquema prático de reposição a ser aplicado em pacientes pós-cirurgia bariátrica.......

Conteúdo em vídeo

Página:  de 26

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal