FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Rubeola e Sindrome da Rubeola Congenita" obteve 32 resultados.

Página:  de 4

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ós 28 dias IgM + Confirmar o caso IgM – Embora não se possa afirmar que não houve infecção recente, descartar o caso Quadro 27. Rubéola em gestante sintomática Coleta da amostra Resultado Classificação do caso Do 1º ao 4º dia IgM + Confirmar o caso IgM – Realizar pesquisa de IgG IgG + Descartar o caso IgG – Colher 2ª amostra após ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... programas de imunização, ocorriam surtos de Rubéola a cada 3 – 6 anos, com consequente aumento no numero de casos da SRC nesses períodos. No Brasil, a vacina tríplice viral (Rubéola, Sarampo e caxumba) foi implantada de forma gradativa, tendo sido iniciada em 1992, no estado de São Paulo, estendida para a totalidade das demais unidades federadas em 2000. Em 1992, foram notificados 2.286 (1,5/100.......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Síndrome da Rubéola Congênita

...com SRC freqüentemente apresentam mais de um sinal ou sintoma, mas podem ter apenas uma malformação, sendo a deficiência auditiva a mais comum. Agente Etiológico O vírus da rubéola é um vírus RNA, pertencente ao gênero Rubivirus, família Togaviridae. Reservatório O homem é o único reservatório conhecido. Modo de Transmissão A SRC é transmitida pela via transplacentária, após a virem......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

... – amamentação (em virtude da presença do toxoide tetânico). – suspeita de doença neurológica, convulsões, histórico familiar de convulsões ou problemas no sistema nervoso central e hipersensibilidade a tiomersal. – histórico de convulsão febril (administrar paracetamol preventivamente). Esquemas de administração t 3 doses de 0,5 mL, por via intramuscular, aos 2, 4 e 6 m......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...pulação humana e da intensidade do contato vetor-humano. É a arbovirose mais difundida no mundo, ocorrendo em todos os continentes, exceto na Europa. Nos últimos 20 anos, observa-se o aumento da incidência do vírus e conseqüentes epidemias na maioria dos paises tropicais da América. 4. Período de incubação: de 3 a 15 dias com média de 5 dias. 5. Manifestações clínicas: a forma clássic......

Ver Índice

01/02/2010

Revisões

Icterícia

... Compressão extrínseca do ducto biliar ou invasão pelo lado externo I. Tumores do pâncreas: produzem icterícia por invasão do ducto biliar comum ao passar pela cabeça da glândula. A icterícia é progressiva, eventualmente flutuante e associada à perda de peso. Hepatomegalia e vesícula biliar palpável podem estar presentes. II. Causas raras: adesões peritoneais, linfonodos portais aumentad......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...contra sarampo, por causa do risco de desenvolvimento de doenças associadas à vacina, como pneumonite ou encefalite por corpúsculo de inclusão.16,17 Nos Estados Unidos, os esforços para erradicação do sarampo baseiam-se na identificação e na imunização de crianças, adolescentes e adultos suscetíveis; no cumprimento rígido de exigências de imunização escolar mais abrangentes e no fortalecimento da......

Ver Índice

04/10/2016

Revisões Internacionais

Distúrbios Leucocitários Não Malignos

... e apresentar desenvolvimento súbito (p.ex., depois de quimioterapia). O foco então passa a ser o início imediato de uma terapia antibiótica empírica e a verificação da presença de alguma infecção. Em geral não é necessário realizar estudos hematológicos (p.ex., exame da medula óssea) porque a etiologia da neutropenia é reconhecida a partir do histórico dos pacientes, e a condição se resolve com a......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola

...gico e clínico compatível com outra doença exantemática. MEDIDAS DE CONTROLE DA RUBÉOLA Para diminuir a circulação do vírus da rubéola e, conseqüentemente, a prevenção adequada da SRC, devem ser mantidas altas coberturas vacinais homogêneas com a vacina tríplice viral: a) Esquema vacinal básico: a vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) está recomendada na rotina, a partir d......

Ver Índice

30/10/2012

Revisões

toxoplasmose

... infecção parasitária causada por um protozoário, o Toxoplasma gondii, geralmente de forma oligoassintomática e auto-limitada. A toxoplasmose assume maior relevância no período gestacional, e se tornou mais importante com o aparecimento da infecção HIV/Aids e com incremento do número de transplantes, além de outras condições imunodepressoras. É uma parasitose cosmopolita, cujo reservat......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal