FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacinas e Vacinacao" obteve 143 resultados.

Página:  de 15

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...njetável. Indicação t Vacina ativa contra difteria e tétano em indivíduos a partir de 7 anos de idade. Contraindicações t Doenças agudas febris graves. t Uso de imunossupressores. Esquemas de administração t Devido à presença do hidróxido de alumínio como adjuvante, antes de aspirar cada dose é indispensável fazer movimentos giratórios e suaves com o frasco, sem deixar que form......

Ver Índice

29/05/2014

Revisões Internacionais

Recomendações de saúde para viajantes internacionais

...viagem for insuficiente para administrar ao menos 3 doses de vacina inativada, a serem aplicadas a intervalos de 1 a 2 meses, as seguintes alternativas são recomendadas:1 havendo menos de 1 mês disponível antes da viagem, uma única dose de vacina inativada é administrada; havendo 1 a 2 meses de disponibilidade antes da viagem, 2 doses de vacina inativada são administradas com um intervalo de 4 sem......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina contra Influenza

... trombocitopenia ou em terapia com anticoagulantes devido ao risco de sangramento no local da injeção (ver Esquemas de administração). • Portadores de doença neurológica ativa (adiar vacinação). • Síndrome de Guillain-Barré no período de 6 semanas após vacinação anterior contra influenza. • Em caso de imunodeficiência (por problema genético, doença ou terapia imunossupressora), a......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Vacinas e toxóides

...as por um intervalo de pelo menos quatro semanas. As vacinas são contraindicadas em indivíduos que tenham história prévia de reação anafilática confirmada para uma dose anterior de uma vacina com os mesmos antígenos ou componentes, como antibacterianos presentes em vacinas virais. A presença dos seguintes excipientes em vacinas e produtos imunológicos deve ser observada: gelatina, gentamicina, c......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacinas e toxóides

...ão, internação, pneumonia ou morte. Não está justificada a vacina contra influenza em adultos saudáveis como rotina de saúde pública. Como adultos sadios apresentam baixo risco de complicações respiratórias, o uso da vacina pode ser aconselhada somente como medida de proteção individual em casos específicos. Há prova de baixa qualidade, de estudos de coorte, de que vacinas contra influenza sejam e......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina de Vírus Vivos Atenuados de Febre Amarela

... FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES2-5 • Início de ação: imunidade desenvolve-se de 7 a 10 dias após administração subcutânea (por isto, o certificado internacional de vacinação é considerado válido apenas 10 dias após a vacinação primária). • Duração da ação: a imunidade pode prolongar-se por mais de uma década, entretanto, a recomendação é de que os reforços sejam feitos em int......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

... pele (formigamento, dormência). Deve ser avaliada por profissional habilitado 21 Parotidite Inflamação das parótidas – região submandibular – normalmente acompanhada de febre e mal-estar 38 Poliomielite associada à vacina Paralisia flácida aguda que ocorre entre 4-40 dias após a apl é de 4-85 dias 48 Polirradiculite (síndrome de Guillain-Barré) Inflamação profis......

Ver Índice

31/03/2015

Revisões Internacionais

Zoonoses Virais

...e inespecíficos, a infecção por arenavírus pode ser confirmada por sorologia, mais comumente com ELISA, que pode ser requisitada ao CDC a partir dos departamento de saúde locais e estaduais. Tratamento e Prevenção O antiviral ribavirina diminui a mortalidade por febre de Lassa, especialmente quando seu curso é iniciado nos primeiros seis dias após o aparecimento da febre. A ribavirina també......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Pacientes pediátricos e neonatais

...aring and protecting your staff and the public. J Emerg Nurs 30:367–370, Aug. 2004. 3. O’Grady, N.P., et al.:. Guidelines for the prevention of intravascular catheter-related infections. MMWR Recomm Rep 51(RR-10):1–29, Aug. 2002. 4. Richards M.J., et al.: Nosocomial infections in pediatric intensive care units in the United States. National Nosocomial Infections Surveillance System......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Pacientes pediátricos e neonatais

... durante surtos de infecções nas UTINs, deve-se suspeitar do leite e é essencial descobrir as fontes de contaminação. Fontes externas, como os bancos de leite, podem ser a origem dessa contaminação e devem ser sempre consideradas.22 Os riscos de brinquedos na unidade de terapia intensiva neonatal Assim como nos outros setores da pediatria, muitos parentes e equipes de UTINs sentem que os brin......

Ver Índice

Página:  de 15

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.