FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "4 o Tratamento do Paciente Com Tuberculose" obteve 308 resultados.

Página:  de 31

31/03/2011

Biblioteca Livre

4. O Tratamento do Paciente com Tuberculose

...logia Sanitária – ATPS/DAB/MS, portadores de bacilos resistentes a mais de duas drogas, dentre as quais a rifampicina e a isoniazida, constituem um grupo de doentes classificados no Consenso Brasileiro de Tuberculose, de 1997, como portadores de tuberculose multidrogarresistente (TBMDR). A este grupo são agregados os pacientes que apresentam resistência primária a rifampicina, isoniazida e a outra......

Ver Índice

28/04/2014

Revisões

Doenças pulmonares parenquimatosas difusas

...se uma revisão oftalmológica periódica para pacientes com sarcoidose, para os que utilizam medicações tóxicas (p. ex., cloroquina) ou que têm comorbidades específicas (p. ex., diabetes).14 Prognóstico O prognóstico de pacientes com DPPDs varia principalmente de acordo com a etiologia específica. No protótipo das DPPDs, que é a FPI, o prognóstico é extremamente grave, alterando a sobrevida méd......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Tuberculose

...a. No entanto, é método de maior custo e menor oferta, restrito aos centros de referência. Deve ser usado de forma individualizada, levando em consideração os recursos disponíveis e o custo-benefício, especialmente nos casos com baciloscopia negativa que exigem melhor diagnóstico diferencial com outras doenças. · Broncoscopia - A broncoscopia e os procedimentos a ela associados, a exemplo de ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Tuberculose

... são infectantes. Complicações Distúrbio ventilatório obstrutivo e/ou restritivo, infecções respiratorias de repetição, formação de bronquiectasias, hemoptise, atelectasias, empiemas. Diagnóstico São fundamentais os seguintes métodos. Clínico Baseado nos sintomas e história epidemiológica. Os casos suspeitos de Tuberculose em crianças e adolescentes devem ser encaminhados para a uni......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Meningites

... nos trabalhadores de saúde reatores à prova tuberculínica (reator forte/acima de 10 mm); • nos portadores de imunodeficiências congênitas. Em recém-nascidos com peso inferior a 2kg, devido à escassez do tecido cutâneo e em presença de afecções dermatológicas extensas em atividade, doenças graves, ou nos casos de uso de drogas imunossupressoras, recomenda-se o adiamento até que a cria......

Ver Índice

31/03/2011

Biblioteca Livre

9. Sistema de Informação

...a mesma unidade que o transferiu para o hospital. A rotina adotada, nessa situação, é a mesma adotada quando o paciente efetuou mais de uma transferência durante o mesmo tratamento, conforme citado no parágrafo anterior. Dessa forma é possível acompanhar, no SINAN, as transferências desse paciente entre as unidades de saúde e solicitar dados sobre a situação de encerramento do caso à unidade que f......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Hemoptise e Hemorragia Alveolar

...resultando num espessamento do espaço intersticial composto por células íntegras e fragmentadas, edema e fibrina. Este processo geralmente leva a uma necrose fibrinoide lesando também a membrana basal dos capilares alveolares e permitindo o extravasamento de fibrina, neutrófilos e hemácias para a luz alveolar. A segunda forma de apresentação histopatológica é o dano alveolar difuso (DAD) (Figura ......

Ver Índice

08/02/2009

Revisões

Tosse

...anitidina 300 mg/dia) + pró-cinético se necessário (p. ex.: bromoprida 10 mg VO antes das refeições) Síndrome pós-infecciosa Anti-histamínico de 1ª geração (preferencial) ou nova geração associado a pseudoefedrina VO OU ipratrópio nasal OU corticoide nasal OU anti-histamínico nasal. Manter por ao menos 3 semanas. Se comprovada hiper-reatividade brônquica, tratar como asma IECA Susp......

Ver Índice

31/03/2011

Biblioteca Livre

2. Etiologia, Transmissão e Patogênese

... B – Formação de pápula de inoculação A leitura da prova tuberculínica é realizada de 72 a 96 horas após a aplicação, medindo-se com régua milimetrada o maior diâmetro transverso da área de endurecimento palpável. Mensuração da Área de Endurecimento Mensuração Correta O resultado, registrado em milímetros classifica-se como: • 0 a 4 mm – não reator: indivíduo não infectad......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

...ração da ação: 4 a 6 horas (dose única). t Excreção comprometida em caso de função renal reduzida. t Meia-vida: 3 a 8 horas; aumenta para 16 horas em pacientes com função renal reduzida. Efeitos adversos t Reações de hipersensibilidade, incluindo urticária, e reações anafilactoides graves. t Aumento transitório no tempo de coagulação. Mesmo baixas doses diminuem a reabsorção tubular de pr......

Ver Índice

Página:  de 31

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal