FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cefalotina Sodica" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

05/01/2010

5 Antiinfectantes

Cefalotina Sódica

.... ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO5 Adultos Infecções por Bactérias Sensíveis • De 250 a 2.000 mg, por vias intravenosa ou intramuscular, a cada 6 a 8 horas, dependendo da severidade da infecção. • Dose máxima diária 12 g. Crianças Infecções por Bactérias Sensíveis • De 25 a 100 mg/kg, por vias intravenosa ou intramuscular, a cada 6 a 8 horas, dependendo da severidade da infe......

Ver Índice

13/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Cefalotina

...ivados da penicilina, penicilamina ou cefalosporinas. Avaliar Riscos X Benefícios Diminuição da função renal (reduzir doses); história de doença gastrintestinal, particularmente colite ulcerativa, enterite regional ou colite associada a antibióticos (pode ocorrer colite pseudomembranosa); história de doença com sangramento (pode ocorrer sangramento por hipoprotrombinemia). Reações Mais Co......

Ver Índice

28/11/2014

Remédios

Cefalotina

... seguir). Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção temperatura ambiente (15 - 30°C): 12 horas refrigeração (2 - 8º C): 96 horas. Tempo de injeção: 3 a 5 minutos. Cefalotina (pó) 1 g – Infusão intravenosa Reconstituição Diluente: Água Estéril para Injeção. Volume: 10 mL. Aparência da solução reconstituída: incolor a amarelo-claro logo após a reconstituição; quando ......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Cloridrato de Dopamina

...s de 10 minutos (após dose única). • Meia-vida de eliminação: 2 minutos. • Metabolismo: hepático, renal e sérico. • Excreção: renal (80%). EFEITOS ADVERSOS1,2,4,5 • Angina, bradicardia reflexa, hipertensão ou hipotensão, palpitações, arritmias ventriculares (especialmente em altas doses). • Cefaléia, náusea e vômito, dispnéia. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS1,2,5 •......

Ver Índice

04/07/2009

Casos Clínicos

Meningite

... Cefalosporinas de 2ª Geração As cefalosporinas de 2ª geração foram desenvolvidas com o intuito de resistir à ação das cefalosporinases (betalactamases). Tais compostos apresentam ação contra bactérias Gram-positivas (semelhante à cefalosporina de 1ª geração), cocos Gram-negativos, hemófilos e enterobactérias. Alguns representantes possuem ação contra Bacteroides fragilis. A Pseudomonas aerug......

Ver Índice

06/02/2010

6 Medicamentos Utilizados no Manejo das Neoplasias

Sulfato de Bleomicina

...são intravenosa contínua, por 3 dias, no regime BAP (bleomicina, doxorrubicina, cisplatina), a cada 3-4 semanas. Observações: • Devido ao risco de reações idiossincráticas em pacientes com linfoma, uma dose teste de 1 ou 2 U ou menos deve ser administrada de 2 a 4 horas antes de iniciar o tratamento efetivo. • A administração intravenosa deve ser feita durante 10 minutos. • A......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006

Lipídios

...BRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Lipídios Lipídio......

Ver Índice

19/12/2010

Guias Livres do Ministério da Saúde

Apêndice C – Fármacos e Hepatopatias

... idiossincrática. Recomenda-se monitorar audição. Estreptoquinase Contra-indicada em doença hepática grave pelo risco aumentado de sangramento. Estriol Embora menos potente que outros estrógenos, estriol tem absorção sistêmica por via vaginal e metabolismo hepático. Recomenda-se cuidado relacionado a vias de administração. Etoposídeo Aumento da incidência de efeitos adverso......

Ver Índice

19/12/2010

Guias Livres do Ministério da Saúde

Apêndice D – Fármacos e Nefropatias

...ave: maior risco de neurotoxicidade. DCE entre 50-10 mL/minuto: 75% da dose usual. DCE inferior a 10 mL/minuto: 25% da dose usual. Benzilpenicilina procaína + benzilpenicilina potássica Na insuficiência renal grave: aumento do risco de neurotoxicidade. Brometo de pancurônio Reajustar em insuficiência renal grave. Brometo de piridostigmina Insuficiência renal moderada e grav......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal