FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Controle Glicemico e Complicacoes Vasculares" obteve 37 resultados.

Página:  de 4

22/07/2009

Artigos

Controle Glicêmico e Complicações Vasculares

... desenho do estudo, na coleta e análise dos dados nem na preparação do manuscrito. No estudo foram randomizados 1791 veteranos (idade média 60,4 anos) que apresentavam um controle sub-ótimo do diabetes tipo 2 para receber controle intensivo ou habitual da glicemia. A randomização foi realizada por blocos de seis e foi estratificada de acordo com o local do estudo, com a ocorrência prévia de doença......

Ver Índice

05/12/2016

Revisões Internacionais

Doença Cardiovascular em Pacientes com Doença Renal

...rme ilustra a Figura 3. DRC: doença renal crônica; TFG = taxa de filtração glomerular. Figura 3 – Mortalidade operatória observada por estágio de DRC.51 DÍSTICOS DA FIGURA 3 Operative mortality (%) = Mortalidade operatória (%) >15 or dialysis = >15 ou diálise GFR mL/min/1,73m2 = TFG mL/min/1,73m2 No que diz respeito à ICP, o gerenc......

Ver Índice

14/11/2013

Revisões

Diabetes Melito

...os A) Uma paciente do sexo feminino, 15 anos, branca, comparece à emergência com dor abdominal, náuseas e vômitos e relata que, na última semana, apresentou poliúria, polidipsia e polifagia. Logo que apaciente chega à emergência, constata-se respiração de Kussmaul e hálito cetótico. Ao realizar exame, evidenciam-se mucosas secas, hipotensão e taquicardia. O abdome apresenta-se com ruídos hidroaér......

Ver Índice

16/05/2014

Revisões Internacionais

sepse

...atrial esquerda; a necessidade de intubação e ventilação com pressão positiva; e uma razão de pressão parcial de oxigênio no sangue arterial e concentração fracionária de oxigênio no ar inspirado (PaO2:FIO2) da ordem de 200 ou menos.66 Tratamento da sepse grave e do choque séptico Assim que o choque séptico é identificado, o clínico deve iniciar simultaneamente várias formas de terapia. U......

Ver Índice

20/01/2017

Revisões

Nefropatia Diabética

...zo secundárias à hiperglicemia. Estudos mostraram, de forma convincente, que um melhor controle glicêmico reduz o risco de nefropatia diabética. A insulinoterapia diminui as taxas de progressão de lesões glomerulares em pacientes diabéticos com microalbuminúria. A hiperglicemia é necessária para o desenvolvimento e a progressão da nefropatia diabética, de modo que a sua correção permite a express......

Ver Índice

18/08/2014

Revisões Internacionais

Transplante Renal

...mente está associada aos efeitos supressores de medula produzidos pelas medicações imunossupressoras ou à insuficiência renal. A leucopenia não é incomum. Estas condições em geral podem ser corrigidas com o uso de vitaminas, ferro e folato, e também por meio da redução da frequência das retiradas de sangue. A infecção pelo parvovírus também pode causar anemia, e uma função renal inadequada pode re......

Ver Índice

06/12/2009

Revisões

Nefropatia Isquêmica

...ue apresentam os fatores de risco clássicos para aterosclerose, como idade avançada, hipertensão arterial, diabetes mellitus, tabagismo, dislipidemia e pacientes com lesões ateroscleróticas em outros sítios vasculares. Há autores que sugerem que a frequência de NI é maior em pacientes do sexo masculino e em brancos, mas esse aspecto permanece controverso. Tabela 1: Fatores de risco para nefro......

Ver Índice

06/06/2010

Revisões

Doença Renal Crônica

...nto das fases iniciais da DRC são feitos habitualmente pelo clínico geral, dada a prevalência da doença. Assim, este deve estar familiarizado com a investigação, o diagnóstico e o manejo clínico desse tipo de paciente. No entanto, nas fases 3 e 4 da DRC, o paciente deve ser encaminhado para avaliação nefrológica. Casos com risco menor de progressão podem continuar o acompanhamento com o clínico ge......

Ver Índice

21/09/2012

Revisões Internacionais

Avaliação pré-operatória e cuidados com o paciente cirúrgico – Paul J. Grant, Amir K. Jaffer

...latórios (p. ex., ipratropio) e esteroides inalatórios, podem ter o uso continuado com segurança durante o perioperatório. Além disso, todas as medicações anticonvulsivas, bloqueadores de receptor H2 e inibidores da bomba de prótons podem ser continuados no perioperatório.58 Entre os antidepressivos, os inibidores seletivos da recaptação da serotonina podem ser administrados com segurança dura......

Ver Índice

09/10/2012

Revisões Internacionais

Diabetes melito tipo 2 – Matthew C. Riddle; Saul Genuth

...ntinua sendo alvo de pesquisas. Uma forma elaborada de tirosina fosfatase 2 foi identificada como um novo marcador em potencial para detecção de autoimunidade de ilhotas em pacientes com diabetes tipo 2.8 Além disso, outros pesquisadores recentemente identificaram a proteína de ligação ao elemento de resposta de insulina-1 como sendo um fator de transcrição que se liga e transativa múltiplos genes......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal