FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Eletrocardiograma 43 Torsades de Pointes" obteve 16 resultados.

Página:  de 2

11/11/2015

Casos Clínicos

Palpitação em Etilista

...parecem "girar" em torno da linha isoelétrica da gravação; daí o nome ou torsades de pointes, ou "torção das pontas”. A causa mais comum de TP são medicamentos que prolongam o intervalo QT, sendo os mais importantes nesse sentido: antiarrítmicos (amiodarona, sotalol, quinidina), alguns anti-histamínicos, macrolídeos, psicotrópicos (haloperidol, e agentes pró-cinéticos (como cisaprida). Outras ca......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

... por via oral, a cada 24 horas, durante 10 meses, combinada a isoniazida. t 36 a 50 kg: 800 a 1.200 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a isoniazida, pirazinamida e estreptomicina, seguido de 800 a 1.200 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 10 meses, combinada a isoniazida. t Acima de 50 kg: 1.200 mg, por via oral, a cada 24 horas, durante 2 meses, combinada a iso......

Ver Índice

11/06/2012

Casos Clínicos

Arritmia no consultório médico

...QRS variável. Analisando o intervalo QT, percebe-se que está aumentado, sendo o QT corrigido de 580 ms. Diagnóstico Taquicardia ventricular com torsades de pointes por QT longo congênito. Discussão A definição de torsades de pointes pelas Diretrizes Brasileiras de Eletrocardiograma da Sociedade Brasileira de Cardiologia é: Trata-se de taquicardia com QRS largo, polimórfica, auto-......

Ver Índice

12/03/2013

Casos Clínicos

Alteração no intervalo QT

... J, Towbin JA. Current concepts in long QT syndrome. Pediatr Cardiol 2000; 21:542. 3. Jackman WM, Friday KJ, Anderson JL, Aliot EM, Clark M, Lazzara R. The long QT syndromes: a critical review, new clinical observations and a unifying hypothesis. Prog Cardiovasc Dis 1988; 31:115. 4. El-Sherif N, Turitto G. Torsade de pointes. Curr Opin Cardiol 2003; 18:6. 5. Passman R, Kadi......

Ver Índice

25/09/2012

Revisões Internacionais

Arritmias ventriculares – Christopher J.G. Gray, Lorne J. Gula, Andrew D. Krahn, Allan C. Skanes, Ra

...ativa de vida razoável. No estudo MADIT II, os benefícios obtidos em termos de mortalidade nesta população de pacientes que receberam CDI consistiram em uma diminuição de 5% no risco absoluto no decorrer de um período de seguimento, em média, de 20 meses.19 O estudo Sudden Cardiac Death in Heart Failure Trial (SCD-HeFT, Morte súbita cardíaca na insuficiência cardíaca), sobre a profilaxia primária ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

D

... t Cavidade uterina pequena e má-formação uterina congênita. t Cervicite aguda. t Neoplasias malignas de colo ou corpo uterino. t Doença trofoblástica ativa. t Doença inflamatória pélvica e tuberculose pélvica. t Imunossupressão. t Alergia a cobre, doença de Wilson e diatermia. t Coagulopatias. t Até quatro semanas após parto. t Infecção puerperal. t Pós-aborto séptico. Precauçõe......

Ver Índice

11/04/2012

Casos Clínicos

Vômitos após reversão de fibrilação atrial

...período em que o paciente apresentava vômitos. Descrição do ECG Ritmo sinusal, bloqueio atrioventricular de 1º grau (PR 184 ms), alteração da repolarização ventricular, QT longo (QTc = 517). Discussão A fibrilação atrial é comum no pós-operatório de cirurgia cardíaca, ocorrendo em 30 a 50% dos pacientes, e o tratamento ideal é a reversão para ritmo sinusal. Alguns fatores de risco, com......

Ver Índice

26/03/2012

Revisões Internacionais

Fibrilação atrial – Gregory F. Michaud (MD) e Roy M. John (MD, PhD)

...C 2006 guidelines for the management of patients with atrial ?brillation: a report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Practice Guidelines and the European Society of Cardiology Committee for Practice Guidelines (Writing Committee to Revise the 2001 Guidelines for the Management of Patients With Atrial Fibrillation): developed in collaboration with the Eu......

Ver Índice

04/02/2015

Remédios

Quinidina

...e da condução intraventricular sem marcapasso, ou síndrome sinusal (pode ocorrer lentidão da condução AV); bradicardia ou distúrbio eletrolítico (diminuição de potássio, magnésio ou cálcio) (risco de torsades de pointes); insuficiência cardíaca congestiva (risco de toxicidade pela quinidina, por diminuição do volume de distribuição; risco de hipotensão); diminuição da função renal (eliminação pode......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

H

...ido ou pó, acrescentar hidroxipropilmetilcelulose com pH 3 (ajustar com ácido cítrico), agitar antes de usar. Produto final é estável à temperatura ambiente por até 10 semanas. Proteger da luz e do calor excessivo. Atenção: as principais reações adversas da hidroclorotiazida são dosedependentes, doses acima de 50 mg são raramente necessárias preferindo associar um diurético mais potente (por e......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal