FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Polipo no Colon" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

29/03/2016

Casos Clínicos

Pólipo no cólon

... no cólon. Discussão Um pólipo do cólon refere-se a uma protuberância dentro do lúmen da mucosa do cólon, que normalmente é plana. Os pólipos são geralmente assintomáticos, mas podem ulcerar e sangrar, causar tenesmo se no reto, e, quando muito grande, produzir obstrução intestinal. Pólipos do cólon são geralmente classificados como não neoplásicas, hamartomatosos, neoplásicos (adenomas......

Ver Índice

14/03/2013

Revisões Internacionais

Câncer colorretal – Bernard Levin

... A maioria dos estudos demonstra a existência de uma relação inversa entre a atividade física e a incidência de câncer de cólon.60 A média da diminuição do risco relativo proporcionada pela prática regular de atividades físicas é igual a 40%. Entre os homens, a prática de atividade física durante pelo menos 2 horas/semana foi mais fortemente associada à diminuição do risco de desenvolvimento de ad......

Ver Índice

04/09/2009

Revisões

Sangramento Genital Anormal

...eoplasia de endométrio e suas lesões precursoras. Clinicamente, manifestam-se por hemorragias com aumento progressivo, sendo o sangramento uterino o quadro inicial em 80% dos casos de câncer de endométrio. Na anamnese, é importante caracterizar o perfil de risco da paciente, por meio de fatores como uso de estrogênios isolados, tamoxifeno, síndrome dos ovários policísticos (SOP), obesidade, infert......

Ver Índice

11/02/2016

Casos Clínicos

Pólipo na Vesícula Biliar

... (pseudotumores) são pólipos de colesterol (a presença das quais é referida como "colesterolose"), seguido por adenomiomas (a presença das quais é referida como "adenomiomatose"), e pólipos inflamatórios. Colesterolose e adenomiomatose são anomalias da mucosa da vesícula biliar. A lesão maligna mais comum na vesícula biliar é o adenocarcinoma. Adenocarcinomas da vesícula biliar são muito mais com......

Ver Índice

13/11/2017

Casos Clínicos

Adenocarcinoma de Reto

...ença de doença metastática distante e determinar a localização do tumor no reto e sua extensão local. Para isso, se faz uma avaliação precisa da localização e da extensão do tumor na pélvis. Isso leva a identificar quais pacientes são candidatos à terapia inicial (quimiorradioterapia, Rtx sozinha ou uma combinação de Qt e quimiorradioterapia) antes da cirurgia. Todos os pacientes com câncer retal......

Ver Índice

13/06/2010

Revisões

Algia Pélvica Crônica

...ientes com algia pélvica crônica História inicial Características da dor: localização, intensidade, duração, relação com atividades cotidianas (física, sexual, psicológica, menstruação) Antecedentes pessoais clínicos e cirúrgicos (endometriose, moléstia inflamatória pélvica, alterações urinárias ou intestinais, infecções, disfunções neuromusculares, diagnósticos psiquiátricos, ......

Ver Índice

30/01/2013

Revisões

Problemas comuns anorretais

...no ânus ou na região perianal Neoplasia retal Adenocarcinoma é o mais frequente Neoplasia do canal anal Carcinoma epidermoide e melanoma Pólipo retal Pode sangrar ou prolapsar Papila anal hipertrófica Sangramento, prolapso, desconforto anal Prolapso retal Desconforto local, prurido, sangramento e prolapso Abscesso retal Dor intensa e, algumas vezes, ......

Ver Índice

10/10/2013

Revisões Internacionais

Cálculos biliares e doença do trato biliar – Kimberly M. Persley, Rajeev Jain

...ara se confirmar a impressão clínica.21 Tratamento Terapia médica. Pacientes com diagnóstico clínico de colecistite aguda não devem receber alimentação e devem receber líquidos e eletrólitos por via endovenosa. Nestes casos, é geralmente necessário administrar um narcótico analgésico (p. ex., morfina ou meperidina) para aliviar a dor intensa. Os pacientes febris com leucocitose e/ou......

Ver Índice

29/01/2016

Revisões Internacionais

Genética molecular do câncer

...ara translação de proteínas e resulta na produção de uma proteína BRCA2 funcional. Presume-se que essas células tumorais “recuperadas” da mutação BRCA2 sejam competentes para o reparo do DNA e, consequentemente, deixem de ser sensíveis à terapia. Um mecanismo semelhante foi descrito nos casos de tumores associados à mutação BRCA1. Embora seja um mecanismo incomum de resistência, ele destaca a capa......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal