FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Pralidoxima" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Pralidoxima

...tir. Intoxicação por Inibidores da Colinesterase Doses não estabelecidas. CUIDADOS ESPECIAIS Risco na Gravidez Classe C: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais ocorreram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez. Amamentação Não se sabe se a pralidoxima é excretada no leite. Pro......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Mesilato de Pralidoxima

... objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Mesilato de Pralidoxima Mesilato de Pralidoxima 8.2 Específicos 8 Medicamentos e Antídotos usados em Intoxicações Exógenas SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 Guias......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

M

...tos (intramuscular), 1 a 5 minutos (intravenosa), 10 a 20 minutos (oral) t Pico de efeito: 30 a 60 minutos (intramuscular) t Duração de efeito: 30 a 80 minutos (intavenosa). t Meia-vida de eliminação: aproximadamento de 2 a 3 horas. t Metabolismo: principalmente hepático, de primeira passagem. t Excreção: renal (45% a 57%). Efeitos adversos t Hipotensão, parada cardíaca, mudança na fre......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

...98 Aug;105(2):110-5. 114. Derlet RW, Horowitz BZ. Cardiotoxic drugs. Emerg Med Clin North Am. 1995 Nov;13(4):771-91. 115. Williamson KM, Thrasher KA, Fulton KB, LaPointe NM, Dunham GD, Cooper AA, et al. Digoxin toxicity: an evaluation in current clinical practice. Arch Intern Med. 1998 Dec 7-21;158(22):2444-9. 116. de Silva HA, Fonseka MM, Pathmeswaran A, Alahakone DG, Ratnatilake GA, ......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Específicos

... rapidamente da circulação para o interior das células, onde, em intoxicação aguda, não fica acessável para quelação. A desferroxamina é empregada no diagnóstico e tratamento de intoxicação por alumínio que ocorre em quadros de insuficiência renal crônica (ver monografia, página 836). Pralidoxima é empregada associada à atropina no tratamento das intoxicações por inseticidas organofosforados. Ta......

Ver Índice

16/09/2015

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Específicos

...ão de hemólise nesses casos (ver monografia, página 583). Flumazenil é antagonista competidor muito seletivo do receptor de benzodiazepínicos. Pode ser usado para reverter a sedação causada por esses agentes em intoxicação, anestesia geral e procedimentos de sedação. O emprego deste antídoto deve ser cauteloso, por causa do risco de precipitar convulsões por abstinência em pacientes com tolerânc......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

...pressão intracraniana aumentada. – obstetrícia (uso não recomendado). – interrupção da infusão (deve ser lenta; se for abrupta, pode ocasionar rápido despertar, ansiedade, agitação, tremor e irritabilidade). – idade inferior a 16 anos (sedação não é indicada). – lactação. t Uso pediátrico é aprovado para pacientes acima de 3 anos de idade (indução anestésica) e acima d......

Ver Índice

13/11/2015

Biblioteca Livre

Apêndice D

... 11 a 29 mL/minuto: 100 mg 1 vez ao dia DCE inferior a 10 mL/minuto: uso não é recomendado. Adultos com mais de 60 kg DCE de 30 a 59 mL/minuto: 200 mg 1 vez ao dia DCE de 11 a 29 mL/minuto: 100 mg 1 vez ao dia DCE inferior a 10 mL/minuto: 75 mg 1 vez ao dia. difosfato de cloroquina e dicloridrato de cloroquina Nefropatia grave: 50% da dose normal. Se for necessário tratamento pro......

Ver Índice

13/11/2015

Guias Livres do Ministério da Saúde

Apêndice D

...is rapidamente obtida, mas mais variável sob diferentes condições) ou a depuração da creatinina endógena (mais confiável como parâmetro estimativo). A depuração da creatinina endógena (DCE) pode ser determinada diretamente em urina de 24 horas ou pelo nível da creatinina sérica, por meio da seguinte equação: Dose na insuficiência renal= dose usual x DCE/100 ......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal