FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Rubeola Congenita" obteve 39 resultados.

Página:  de 4

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ação de pesquisa sorológica para Rubéola em gestantes que não apresentam sintomas da doenca. Interpretação dos resultados do exame sorológico Quadro 26. Rubéola pós-natal (exceto gestante) Coleta da amostra Resultado Classificação do caso Até 28 dias IgM + Confirmar o caso IgM – Descartar o caso Após 28 dias IgM + Confirmar o caso IgM – Emb......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...aso IgG – Colher 2ª amostra após 7 a 21 dias da 1ª Do 5º ao 28º dia IgM + Confirmar o caso – acompanhar IgM – Descartar o caso Após 28 dias IgM + Confirmar o caso IgM – Não se pode afirmar que não houve infecção; realizar IgG IgG + Confirmar o caso IgG – Descartar o caso Quadro 28. Gestante assintomática contato de Rubéola ......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola Congênita

...corpos maternos detectados por ensaio imunoezimático, a partir do nascimento. Quando, por qualquer motivo, os resultados do exame sorológico do recém-nascido não estiverem disponíveis e os dados clínicos forem insuficientes para classificar o caso como compatível. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou t......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Síndrome da Rubéola Congênita

...uram, em geral, até os 180 dias de vida. É um teste sensível, de eleição para a triagem de casos. • PCR – detecta material genético do vírus em amostra clínica (urina e secreção nasofaríngea). • Isolamento viral em cultura de células – útil para identificar o genótipo do vírus, possibilitando conhecer a origem do vírus, em casos importados, e também diferenciar o vírus selvagem do vaci......

Ver Índice

01/06/2009

Biblioteca Livre

Documentação Fotográfica

...uda supurada. Eczema Atópico Figura 34: Eczema atópico. Figura 35: Eczema atópico. Ectima Figura 36: Ectima. Eczema de Contato Figura 37: Eczema de contato. Escabiose Figura 38: Escabiose. Figura 39: Escabiose. Figura 40: Escabiose. Figura 41: Escabiose nodular. Figura 42: Escabiose. Estrófulo Figura 4......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...s ao feto. O dano ao feto é mais provável quando a mãe é infectada ainda nos 2 primeiros meses de gestação. Anomalias fetais são observadas em 40 a 85% desses casos.27,28 A infecção no 3º mês de gestação está associada à ocorrência de defeitos fetais em 20 a 40% dos casos, enquanto a infecção materna durante o 4º mês está associada à ocorrência de defeitos fetais em 10% dos casos. Os mecanismos de......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...quinta dose pode ser aplicada no 28º dia. Uma dose de reforço no 90º dia é opcional. t Indivíduos imunizados: total de 2 doses com um intervalo de 3 a 7 dias entre elas. Nesse caso, não é necessária a aplicação de imunoglobulina. Nota: A dose unitária deverá ser injetada por via intramuscular (ou subcutânea profunda) no braço (músculo deltoide) ou, em crianças pequenas, na porção anterolateral d......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...riza-se por exantema maculopapular eritematoso generalizado, linfadenopatia (sobretudo suboccipital, cervical e pós-auricular) e febre baixa. Em crianças, raramente ocorre poliartralgia ou poliartrite. A síndrome da rubéola congênita caracteriza-se por alterações oftalmológicas (catarata, retinopatia e glaucoma congênito), alterações cardíacas (estenose de artéria pulmonar e persistência do canal ......

Ver Índice

12/08/2009

Biblioteca Livre

Bibliografia Consultada

...inição nacional dos casos de AIDS em adultos. Projeto Sentinela: ações laboratoriais do PN-DST/Aids. Brasília: MS; julho 1993. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Manual de vigilância epidemiológica das doenças exantemáticas – sarampo, rubéola e síndrome da rubéola congênita. Brasília: MS; 2003. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. O desafio da influenza: e......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Sífilis / Sífilis Congênita

...foram tratados. Suas manifestações clínicas surgem depois de um período variável de latência e compreendem as formas cutânea, óssea, cardiovascular, nervosa e outras. As reações sorológicas são positivas. A sífilis tardia cutânea caracteriza-se por lesões gomosas e nodulares, de caráter destrutivo. Na sífilis óssea, pode haver osteíte gomosa, periostite osteíte esclerosante, artralgias, artrites, ......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal