FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Tromboembolismo Venoso" obteve 88 resultados.

Página:  de 9

14/12/2009

Artigos

Dabigatran versus varfarina no tromboembolismo venoso

...e de estender a anticoagulação por mais tempo, não há dados que permitam o uso de dabigatran (há outro estudo duplo-cego chamado RE-MEDY em andamento para analisar este assunto). O estudo não fez nenhuma análise separando pacientes com trombofilias congênitas daqueles com risco de trombose secundários. Pode ser que haja diferenças entre esses dois grupos de pacientes. Bibliografia ......

Ver Índice

12/03/2014

Artigos

Tromboembolismo Venoso em Pós-Operatório: Análise deste Indicador de Qualidade

...ratória e mortalidade. A AHRQ (Agency for Healthcare Research and Quality) dos EUA, é uma agência voltada para pesquisa em segurança do paciente e qualidade assistencial, que desenvolveu diversos indicadores, entre eles um de taxa de TEV pós-operatório. Este indicador foi aprovado pelo Fórum Nacional da Qualidade em 2008, nos EUA, e o desfecho de ocorrência de TEV foi incorporada em inúmeros progr......

Ver Índice

29/09/2014

Artigos

Segurança dos novos anticoagulantes orais para Tromboembolismo Venoso (TVP/TEP)

...studos, sendo dois com rivaroxaban e um com cada um dos outros anticoagulantes orais citados. No total, somam-se 24.455 pacientes na amostra com episódio de TEV. Foram calculados os riscos relativos comparados dos novos anticoagulantes contra a varfarina para recorrência de TEV, TEP fatal e mortalidade geral. Estes riscos foram respectivamente de 0,88 (IC95%: 0,74–1,05); 1,02 (IC95%: 0,39–5,96),......

Ver Índice

04/03/2015

Revisões

Novos Anticoagulantes no Tratamento do Tromboembolismo Venoso

...profilaxia de TEV e tratamento de TEV. É importante ressaltar as diferenças entre essas novas drogas e as mais antigas, que já estão bem sedimentadas na prática clínica. Os novos anticoagulantes orais têm ação de início rápido e são administrados em doses fixas, sem necessidade de monitoramento laboratorial de rotina, como é o caso clássico dos antagonistas de vitamina K. Além disso, tem......

Ver Índice

30/10/2015

Artigos

Contraceptivos hormonais modernos e risco de tromboembolismo venoso

...aceptivos com levonorgestrel (OR: 2,38, IC95%: 2,18-2,59) e a noretisterona (OR: 2,56, IC95%: 2,15-3,06) e para o norgestimato (OR: 2,53, IC95%: 2,17-2,96). O número de casos adicionais de tromboembolismo venoso por ano por 10.000 mulheres tratadas era menor para o levonorgestrel (OR: 6, IC95%: 5 a 7) e norgestimato (OR: 6, IC95%: 5 a 8), e a mais elevada para o desogestrel (OR: 14, IC95%: 11 a 17......

Ver Índice

13/08/2009

Revisões

Identificação Clínica e Tratamento das Síndromes  Trombofílicas

...res predisponentes é fundamental, particularmente quando há possibilidade de controle ou remoção deles, conseguindo-se, assim, reduzir o estado de hipercoagulabilidade Tabela 1: Fatores de risco primários (hereditários) e secundários (adquiridos) Hereditários Adquiridos Fator V Leiden Imobilização Mutação G20210A da protrombina Cirurgia / Trauma Deficiência de......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... contraindicado, é recomendado iniciar profilaxia com meias de compressão elástica ou compressão pneumática intermitente. Lesões Medulares É recomendado profilaxia de rotina. Para os pacientes em que não há mais risco de sangramento, iniciar com heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada, possivelmente associadamente a métodos mecânicos. Nos pacientes nos quais houver contra......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...inas de baixo peso molecular (dalteparina, enoxaparina e nadroparina) são mais caras e, portanto, são indicadas preferencialmente nas artroplastias de quadril, artroplastias de joelho e nos pacientes com trauma, que são as únicas situações em que se demonstrou benefício em relação às heparinas não-fracionadas na profilaxia de tromboembolismo venoso. O consenso também cita como alternativas de pro......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...olismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obesidade. É importante ressaltar que, para os pacientes nos quais for indicada a profilaxia, esta geralmente deve ser mantida até a alta hospitalar. Cirurgias de Baixo Risco de Tromboembolismo Pacientes submetidos a cirurgias de pequ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...de avançada, obesidade, queimaduras extensas ou em membros inferiores, pacientes com trauma em membros inferiores associados, utilização de cateter femoral, imobilidade prolongada) devem receber profilaxia com heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Em pacientes com alto risco de sangramento, é indicada a utilização de métodos mecânicos. BIBLIOGRAFIA 1. Geerts WH, Berg......

Ver Índice

Página:  de 9

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal