FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doenca de Lyme Livre" obteve 35 resultados.

Página:  de 4

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Doença de Lyme

...os pacientes. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidament......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Doença de Lyme

... baseia-se na identificação dos aspectos clínicos da doença em paciente com relato de possível exposição (epidemiológico) ao microrganismo causal, associados com testes laboratoriais. A cultura para isolamento da B. burgdorferi é definitiva, mas raramente é bem sucedida a partir de sangue do paciente, ocorrendo em aproximadamente 50% dos casos em material de biopsia da lesão (EM). A sorologia por ......

Ver Índice

31/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Meningites Virais

...irais. Notificação É de notificação obrigatória, assim como as demais meningites. Definição de Caso · Suspeito - Maiores de 1 ano e adultos com febre, cefaleia intensa, vomito em jato, rigidez de nuca, sinais de irritação meníngea e convulsões. Em menores de 1 ano, considerar irritabilidade, choro persistente e abaulamento de fontanela. · Confirmado - - Clínico-laboratoria......

Ver Índice

31/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Meningites Virais

... e controle de surtos e a identificação dos principais agentes etiológicos das Meningites Virais. Notificação É de notificação obrigatória, assim como as demais meningites. Definição de Caso · Suspeito - Maiores de 1 ano e adultos com febre, cefaleia intensa, vomito em jato, rigidez de nuca, sinais de irritação meníngea e convulsões. Em menores de 1 ano, considerar irritabilidade, ch......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Maculosa Brasileira

...crianças, usar Cloranfenicol, não ultrapassando 1 g/dia, durante o mesmo período. A Doxiciclina pode ser usada em crianças acima dos 8 anos, na dose de 2 a 4 mg/kg/dia, máximo de 200 mg/dia, em 2 tomadas, de 12/12 horas. Características Epidemiológicas A doença se apresenta sob a forma de casos esporádicos em áreas rurais e urbanas, relacionados com contato com carrapatos, quer em atividades ......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Maculosa Brasileira

...os transmissores e a ocorrência de casos semelhantes anteriormente. Nas entrevistas, devem ser anotadas informações sobre o modo de vida dos habitantes, principalmente acerca de invasão de matas, transformações sociais e econômicas mais recentes na área, buscando relacionar essas informações com a ocorrência da Febre Maculosa. O rodízio de pastos e capina da vegetação pode trazer alguns resultados......

Ver Índice

15/05/2017

Revisões Internacionais

Febre Após Retorno de Viagem

...nente. A febre poderá ser proeminente em infecções causadas por organismos como Campylobacter, Shigella e Salmonella. Os sintomas gastrintestinais podem ser proeminentes em infecções sistêmicas como malária, dengue, infecções riquetsianas e doença dos legionários, de modo que a avaliação de pacientes com esses sintomas não deverá focar exclusivamente os patógenos entéricos. A febre entérica (febr......

Ver Índice

18/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Botulismo

...de incubação curtos sugerem maior gravidade e maior risco de letalidade. Botulismo Alimentar Pode variar de 2 horas a 10 dias, com média de 12 a 36 horas. Quanto maior a concentração de toxina no alimento ingerido, menor o período de incubação. Botulismo por Ferimentos Pode variar de 4 a 21 dias, com média de 7 dias. Botulismo Intestinal O período não é conhecido devido à impossibil......

Ver Índice

18/11/2015

Revisões Internacionais

Mordidas e picadas – Lawrence M. Lewis, William H. Dribben, Mark D. Levine

...eir venom apparatus and venom compo­sition. In: Meier J, White J, editors. Handbook of clinical toxicology of animal venoms and poisons. New York, NY: CRC Press; 1995. p. 331. 203. deShazo RD, Williams DF, Moak ES. Fire ant attacks on residents in health care facilities: a report of two cases. Ann Intern Med 1999;131:424–9. 204. Elgart GW. Ant, bee, and wasp stings. Dermatol Clin 1990;8:229–......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

B

...0 a 45 minutos após a dose inicial e as demais a cada 15 a 25 minutos. t Dose inicial 0,3 a 0,5 mg/kg, por via intravenosa em bolo. Dose de manutenção 0,009 a 0,01 mg/kg/minuto, por via intravenosa em infusão contínua, após sinais de recuperação espontânea da dose incial, seguido de 0,005 a 0,009 mg/kg/minuto. A dose de manutenção pode variar de 0,002 a 0,015 mg/kg/minuto. Em Unidade de Trata......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal