FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cipro xr" obteve 10 resultados.

Página:  de 1

04/12/2014

Remédios

Ciprofloxacino (oral; injetável)

...ante 7 a 14 dias. piolonefrite não complicada comprimido de liberação prolongada: 1 g, uma vez por dia (com a refeição da noite), durante 7 a 14 dias. infecção (vias aéreas inferiores; ossos; articulações; pele) - leve ou moderada: 500 mg cada 12 horas, durante 7 a 14 dias; grave ou complicada: 750 mg cada 12 horas, durante 7 a 14 dias. Na infecção dos ossos ou das articulações, o tratame......

Ver Índice

09/07/2018

Revisões

síndrome serotoninérgica

... de serotonina no sistema nervoso central (SNC). A sua descrição clássica é a tríade de efeitos cognitivos, autonômicos e neuromusculares. A grande maioria dos casos de SS ocorre em pacientes que tomam medicações serotoninérgicas em dosagens terapêuticas, mas, aproximadamente, 10% dos casos se desenvolvem após uma overdose de medicação serotoninérgica e são particularmente associados com o uso de......

Ver Índice

04/12/2014

Remédios

Ciprofloxacino (oftálmico; otológico)

...uantidade do produto no saco conjuntival inferior de cada olho, 3 ou 4 vezes por dia. Colírio úlcera da córnea; infecção aguda: iniciar com 2 gotas no saco conjuntival de cada olho, cada 15 minutos, durante as primeiras 6 horas. No restante do 1o dia, pingar 2 gotas a cada 30 minutos. No 2º dia, 2 gotas a cada 1 hora. Do 3o a 14o dia, 2 gotas a cada 4 horas. conjuntivite bacteriana: iniciar com ......

Ver Índice

29/03/2009

Revisões

Síndrome de Cushing

... manifestações clínicas do hipercortisolismo. Porém, como provoca elevação dos níveis de ACTH e cortisol, a monitoração das doses terapêuticas é ruim. Tabela 5: Drogas usadas no controle do hipercortisolismo Droga Mecanismo de ação Dose diária Efeitos colaterais o,p’DDD Adrenolítico; inibição enzimática 0,5 a 12 g Náuseas, ataxia, dislipidemia, sonolência, insuf......

Ver Índice

02/05/2016

Revisões Internacionais

Doenças Vesicobolhosas

...pinhosa. 114 •Miliária, resulta do entupimento dos canais sudoríparos. Dependendo do nível de obstrução do canal sudoríparo, a condição é denominada miliária profunda (na junção dermoepidérmica), miliária rubra (na camada espinhosa) e miliária cristalina (no estrato córneo). Esta última pode se manifestar com vesículas minúsculas nos sítios de obstrução (i.e., no dorso de um paciente aquecido e c......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Eczemas

... Tranquilizantes. · Antibióticos. Eczema de Contato Afastar substâncias irritantes ou alergênicas. Na fase aguda usar compressas ou banhos com substâncias antissépticas (permanganato de potássio na diluição de 1:40.000) e cremes de corticóides. Na fase subaguda e crônica - uso de pomadas de corticóides. Usar antibiótico na vigência de infecção secundária. Observação: o emprego contí......

Ver Índice

28/05/2013

Revisões

Eritromelalgia

...s pode causar piora paradoxal, portanto, devem ser usados com cuidado. As medicações orais são as mais utilizadas para o tratamento e são relatados benefícios com propranolol (10 mg 3 vezes/dia), clonazepam, cipro-heptadina, metisergida e piroxicam, mas, na maioria dos casos, este benefício é limitado. O uso de aspirina é extremamente benéfico para pacientes com eritromelalgia ......

Ver Índice

11/06/2014

Revisões

Apendicite Aguda

...anterior, a liberação brusca de uma pressão manual na fossa ilíaca causa dor forte, o denominado sinal de Blumberg. Caso o apêndice seja retrocecal, não há rigidez da parede abdominal, mas o comprometimento do músculo psoas causa dor ao flexionar a coxa sobre a pelve. O sinal de Lapinsky corresponde à dor quando se realiza compressão do ceco enquanto a coxa direita é flexionada sobre a pelve. Ness......

Ver Índice

23/08/2012

Revisões Internacionais

Princípios diagnósticos e terapêuticos na alergia – Mitchell H. Grayson; Phillip E. Korenblat

...has nasais azuladas que obstruem parcialmente as vias nasais [ver Rinite alérgica, conjuntivite e sinusite]. Pode haver pólipos nasais translúcidos, contudo estas formações não são necessariamente uma característica marcante da alergia. Os pólipos podem ser observados em pacientes alérgicos e não alérgicos. É comum o exame torácico não revelar a existência de anormalidades. Entretanto, justifica......

Ver Índice

01/09/2016

Revisões Internacionais

Hipertermia e febre e febre de origem indeterminada

...eroides produziram benefícios em outros pacientes com granulomatose idiopática e FOI.74 A peritonite do amido é uma resposta granulomatosa febril ao amido introduzido em luvas cirúrgicas. A natureza desse processo possivelmente passe despercebida durante várias semanas; inicialmente acredita-se que a descoberta de massas abdominais pastosas e febre seja resultado de abscessos pós-operatórios. Doe......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal