FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Disturbios do Metabolismo do Potassio" obteve 119 resultados.

Página:  de 12

22/11/2009

Revisões

Distúrbios do Metabolismo do Potássio

... Translocação do potássio para o intracelular Insulina e glicose – solução polarizante Dose habitual: insulina regular 10 U + 30 a 50 g de glicose EV em 1 hora até a cada 4 horas Bicarbonato de sódio (somente na presença de acidose metabólica) Dose habitual: bicarbonato de sódio 8,4% 0,5 a 1 mEq/kg infundidos em 5 minutos, podendo ser repetido em 30 minutos. Agonistas......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

... a insuficiência cardíaca. Pode ser necessário ajuste de dose. t Tioridazina: aumenta o risco de cardiotoxicidade. O uso concomitante é contraindicado. Orientações aos pacientes t Orientar para a importância de comunicar ao perceber qualquer sinal de efeito adverso. t Orientar para não suspender o uso do medicamento. t Em caso de esquecimento de uma dose, usar assim que lembrar. Se o horá......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

...ência hepática (ver Apêndice C); diminuir a dose. t Pode causar nefropatia aguda por ácido úrico (prevenir com o uso de alopurinol). t Não manusear os excretas urinários e fecais. t Evitar extravasamento. t Categoria de risco na gravidez (FDA): D (ver Apêndice A). Esquema de administração Crianças Leucemia linfoblástica aguda, linfoma de Hodgkin e não-Hodgkin, rabdmiossarcoma, neurobl......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...cente, hemorragia recente, trauma leve, hemoptise leve, hematêmese e melena, hematúria grave): 40 a 55 UI/kg até atingir aproximadamente 40% de fator IX em relação ao normal. Duração da terapêutica: 2 dias ou até cicatrização adequada – Maior (hematoma, trauma e hemoptise graves, hematêmese e melena): 60 a 70 UI/kg até atingir aproximadamente 60% ou mais de fator IX em relação ao normal. Du......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

E

... Dose de manutensão 25 a 200 mg/dia, por via oral, a cada 24 horas ou dividido a cada 12 horas. Edema e ascite (originados por condições em que há hiperaldosteronismo secundário) t Dose inicial: 100 a 200 mg/dia, por via oral, a cada 24 horas. t Dose de manutenção: 25 a 200 mg/dia, por via oral, a cada 24 horas ou dividido a cada 12 horas. t Dose máxima: 400 mg/dia (edema resistente). ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

P

...néticos clinicamente relevantes t Latência: 15 minutos. t Duração da ação: 4 a 6 horas (dose única). t Excreção comprometida em caso de função renal reduzida. t Meia-vida: 3 a 8 horas; aumenta para 16 horas em pacientes com função renal reduzida. Efeitos adversos t Reações de hipersensibilidade, incluindo urticária, e reações anafilactoides graves. t Aumento transitório no tempo de coa......

Ver Índice

05/04/2019

Revisões Internacionais

Miopatias

...rozigotos femininos nas situações em que o cromossomo X paterno, que abriga um gene normal da distrofina, é desativado em uma grande proporção de células embrionárias (hipótese de Lyon). O Quadro 1 apresenta uma lista das distrofias musculares mais comuns.1 Quadro 1 Classificação Genética de Distrofia Muscular Cíngulo-Límbica Doença Herança Cromossomo Proteína afetad......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

I

...contraindicado. t Bloqueadores neuromusculares (atracúrio, cisatracúrio, doxacurônio, pancurônio, tubocurarina e vecurônio) têm seu efeito e duração de ação potencializados. Pode resultar em depressão respiratória. A dose de relaxante muscular deve ser reduzida caso a coadministração seja necessária. Em procedimentos longos a dose e a frequência da infusão devem ser reduzidas. t Erva-de-são-joão......

Ver Índice

25/10/2013

Revisões Internacionais

Distúrbios do equilíbrio ácido-base – Stuart L. Linas

...uns em pacientes que vomitam ou recebem terapia diurética. A depleção do volume extracelular promove liberação de aldosterona, com consequente intensificação das trocas de Na+/K+ ao nível do túbulo coletor [Figura 3]. No entanto, o aldosteronismo isolado é insuficiente para permitir o aumento da excreção de potássio, porque o fluxo urinário distal deve ser mantido para que o potássio secretado sej......

Ver Índice

06/06/2010

Revisões

Doença Renal Crônica

...o, mesmo com plaquetas e fatores de coagulação em níveis normais. Há uma deficiência na adesão e agregação plaquetária. · A preservação da função renal residual é importante mesmo após o início do tratamento dialítico e confere maior sobrevida aos pacientes anúricos. · A TRS é iniciada quando o RFG encontra-se entre 10 e 15 mL/min/1,73 m2 e/ou quando surgem sinais e sintomas de uremia......

Ver Índice

Página:  de 12

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.