Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doenca Ulcerosa Peptica" obteve 14 resultados.

Página:  de 2

26/01/2012

Revisões Internacionais

Doença ulcerosa péptica

...enal e 6 a 12 semanas no tratamento de úlcera gástrica. Úlceras duodenais que não curam em 8 semanas e úlceras gástricas que não curam em 12 semanas são consideradas intratáveis. A dosagem dos bloqueadores do receptor H2 deve ser reduzida em pacientes com insuficiência renal. ‡ Micromedex Health Care Services. Muitas dessas interações medicamentosas são menores e não clinicamente relevantes; cont......

Ver Índice

06/12/2013

Revisões

Estômago: doença ulcerosa péptica – duodenal e gástrica

...ensa em quatro a seis semanas nos pacientes com úlcera péptica não complicada. Deve-se considerar o mantimento do tratamento para prevenir a recorrência em pacientes com alto risco, definidos pela apresentação de histórico de complicações de úlcera péptica, recorrências frequentes e úlceras gigantes (> 2 cm). No caso de terapia antissecretória de manutenção, é importante confirmar a erradicação......

Ver Índice

19/01/2009

Revisões

Dispepsia e Helycobacter pylori

...não-invasivo para pesquisa de Helycobacter pylori; em nosso meio, esta abordagem não é recomendada. Uma terceira abordagem é a realização de endoscopia digestiva alta em todos os pacientes com sintomas dispépticos. Neste caso, pode-se ainda realizar pesquisa opcional de Helycobacter pylori por meio do exame endoscópico por histologia. Outros exames que podem ser eventualmente considerados são exa......

Ver Índice

19/06/2009

Casos Clínicos

Úlcera Péptica

...ando posteriormente as diferenças em relação aos demais IBP. Modo de Ação Ligação covalente com a enzima H+/K+ ATPase (bomba de prótons das células parietais gástricas), bloqueando o passo final na produção do ácido, a qual pode ser reduzida em até 95%. A secreção do HCl só se reiniciará após a inserção de novas moléculas da bomba, uma vez que a ligação é irreversível. Indicações · ......

Ver Índice

17/04/2013

Revisões

Dor abdominal

...alizar. A dor conduzida por fibras do tipo C é percebida como mais profunda, mais lenta, e geralmente não é descrita pela pessoa como ocorrendo em um lado do abdome ou do outro. A dor referida é outra consequência da rede de fibras do tipo C. Em termos práticos, o médico pode razoavelmente assumir que quando a dor é descrita como profunda, vaga ou de difícil localização, está sendo causa......

Ver Índice

06/11/2012

Revisões Internacionais

Sangramento gastrintestinal – Elizabeth Rajan

...INH. A associação existente entre hérnias diafragmáticas grandes e anemia por deficiência de ferro é conhecida há muito tempo. Uma hérnia diafragmática ampla é encontrada em cerca de 10% dos pacientes com deficiência de ferro.64 A perda de sangue apresentada por esses pacientes geralmente é causada por erosões mucosas longitudinais (erosões de Cameron) que estão localizadas em região proximal à hé......

Ver Índice

08/03/2009

Revisões

Distúrbios do Cálcio

...ca congênita e anormalidades orofaringeanas associadas ao hipoparatireoidismo. A causa mais comum de hipoparatireoidismo em adultos é a retirada cirúrgica das glândulas paratireoides, secundária às tireoidectomias realizadas para tratamento de câncer da tireoide. Após cirurgias tireoidianas, pode ocorrer hipoparatireoidismo transitório devido a edema ou hemorragia nas paratireoides e, por vezes, ......

Ver Índice

08/03/2009

Revisões

Distúrbios do Cálcio

... Agus ZS. Diagnostic approach to hypercalcemia. www.uptodate.com. 9. Lebof MS, Mikulec KH. Hypercalcemia. Primer on bone and mineral diseases 2003. 10. Bilezikian JP, Silverberg SJ. Primary hyperparathyroidism. Primer on bone and mineral diseases 2003. 11. Peckerstorfer M, Brener K, Zojer N. Current management strategies for hypercalcemia. Trea Endocrinol. 2003;2(4):273-292. 12. Agus ZS. ......

Ver Índice

30/11/2008

Revisões

Halitose

...r intermitente. Deve ser realizado o diagnóstico diferencial em algumas situações, como hálito cetônico no diabetes, fetor hepaticus nos casos de cirrose, uremia, distúrbios metabólicos como na síndrome do odor de peixe (acúmulo de trimetilamina no sangue, urina, suor e saliva) e na ingestão de alimentos aromáticos. Nestes casos, a origem do mau hálito não está nos pulmões; eles funcionam apenas c......

Ver Índice

30/11/2008

Revisões

Halitose

...6. 2. Ben-Aryeh H, Horowitz G, Nir D, Laufer D. Halitosis: an interdisciplinary approach. American Journal of Otolaryngology 1998; 19(1): 8-11. 3. Bosy A. Oral malodor: philosophical and practical aspects. J Can Dent Assoc 1997; 63(3):196-201. 4. Figueiredo LC, Rosetti EP, Marcantonio E, Marcantonio RAC, Salvador SL. The relationship of oral malodor in patients with or without perio......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal