FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Estranho Achado em Radiografia de Torax" obteve 23 resultados.

Página:  de 3

29/01/2014

Casos Clínicos

Estranho Achado em Radiografia de Tórax

...visto na figura a seguir: Imagem 2 – Radiografia de Tórax do Paciente Observamos nesta imagem, com cautela, que a ponta da sonda está introduzida no brônquio fonte direito, indo diretamente em direção à base pulmonar. Este é o local onde foi encontrada a pneumonia na evolução do paciente. O que ocorreu foi um evento adverso: pneumonia por aspiração de dieta secundária devi......

Ver Índice

08/12/2009

Revisões

Introdução à Radiologia

... que se tenha a noção da extensão do número de patologias com as quais o radiologista precisa estar familiarizado. Tomemos como exemplo, o pulmão, cujo primeiro número é 6. O segundo e terceiro números da localização anatômica seriam: 6. PULMÃO, MEDIASTINO E PLEURA 60. – LOCALIZAÇÃO NÃO ESPECIFICADA OU DESCONHECIDA 61. – LOBO SUPERIOR DIREITO 62. – LOBO MÉDIO 63. – LOBO INFERIOR D......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Hemoptise e Hemorragia Alveolar

...r com capilarite (seta). Figura 2: Hemorragia alveolar com dano alveolar difuso. Note a desorganização completa da arquitetura pulmonar. ACHADOS CLÍNICOS História Clínica Apesar de pouco específicos no auxílio do diagnóstico etiológico e na localização exata do sítio de sangramento, alguns dados de história clínica podem ser úteis para direcionar melhor a investigação. A instala......

Ver Índice

05/07/2012

Revisões Internacionais

Imagens da doença pulmonar – Gerald W. Staton Jr. e Sanjeev Bhalla

... homem de 54 anos de idade, com dispneia progressiva, submeteu-se ao exame de radiografia torácica (a). A radiografia mostrou a presença de infiltrados intersticiais difusos com predominância periférica e basilar. Subsequentemente, uma varredura de tomografia computadorizada (TC) do tórax sem contraste (empregando a técnica de alta resolução) confirmou a conformação em favo de mel e a bronquiectas......

Ver Índice

28/04/2014

Revisões

Doenças pulmonares parenquimatosas difusas

...ural, áreas de vidro fosco nas bases pulmonares com cerca de 30% de extensão, inexistência de adenomegalias mediastinais e derrame pleural. A espirometria com broncodilatador e as medidas de volumes pulmonares apresentam restrição pulmonar moderada (CVF de 1,8 L, 54%, CPT de 3,2 L, 58%) e capacidade de difusão pulmonar com redução também moderada (DCO corrigida pela hemoglobina [DCOc] de 12 L, 44%......

Ver Índice

08/02/2009

Revisões

Tosse

...bral Hérnia inguinal ou incisional Incontinência urinária Fratura de costela Ruptura de músculo retoabdominal Pneumomediastino Pneumotórax Pneumoperitônio Herniação pulmonar Exacerbação de asma Rouquidão Piora na qualidade de vida A tosse tem sua origem num complexo arco reflexo (Figura 1), sensível a estímulos físicos, químicos e mecânicos. A concentraçã......

Ver Índice

08/07/2014

Revisões Internacionais

Diagnóstico e tratamento da tosse

...scent or adult have pertussis? JAMA 2010;304:890–6. 23. Wang K, Harnden A. Pertussis-induced cough. Pulm Pharmacol Ther 2010. DOI: 10.1016/j.pupt.2010.10.011. 24. Rohani P, Zhong X, King AA. Contact network structure explains the changing epidemiology of pertussis. Science 2010;330:982–5. 25. Updated recommendations for use of tetanus toxoid, reduced diphtheria toxoid and acellular per......

Ver Índice

29/06/2016

Revisões Internacionais

asma

...crescenta poucos benefícios. Os glicocorticoides sistêmicos devem ser administrados ainda no início, para tratamento das crises graves, pois seus efeitos não chegam a durar 12 horas.125 As doses altas não são mais efetivas do que as doses de rotina de hidrocortisona (isto é, bolo de 200 mg, IV, a cada 6 horas), metilprednisolona (bolo de 40 a 60 mg, IV, a cada 6 a 8 horas) ou prednisona (40 a 60 m......

Ver Índice

16/07/2014

Revisões

Pneumonite por hipersensibilidade e aspergilose broncopulmonar alérgica

... da frequência, da duração e da intensidade da exposição e da duração da doença subsequente. A PH aguda é caracterizada por início abrupto (quatro a seis horas após a exposição) de febre, calafrios, mal-estar, náusea, tosse e dispneia sem sibilância. Pode haver taquipneia e crepitantes difusos. A sibilância ocorre raramente. Em casos de PH subaguda e crônica, há desenvolvimento gradual de tosse pr......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões

Doença pulmonar obstrutiva crônica

...óstico são hipercapnia crônica, cor pulmonale e presença de outras comorbidades. Uma relação capacidade inspiratória/capacidade pulmonar total (CI/CPT) menor do que 25% também é considerada um preditor de mortalidade nos pacientes com DPOC. O escore prognóstico BODE (B de body mass index, O de obstruction, D de dyspnea e E de exercise) (Tab. 102.4), que inclui o IMC, o VEF1 pós-broncodilatador (em......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal