FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Estreptococo" obteve 31 resultados.

Página:  de 4

25/10/2009

Artigos

Rastreamento pré-natal de estreptococo do grupo B

...998/1999 para 85% em 2003/2004. A porcentagem de RNs expostos a antibióticos intra-parto subiu de 26,8% para 31,7%. Quimioprofilaxia foi administrada em 87% das mulheres positivas para estreptococo do grupo B que deram à luz de termo, mas em apenas 63,4% das mulheres que não realizaram rastreamento (i.e.,colonização desconhecida) que deram à luz pré-termo. A incidência geral de doença estreptocóci......

Ver Índice

22/09/2015

Revisões

Faringite

...rofeno, na redução da febre e dor entre crianças e adultos com faringite. Embora não tão eficazes como AINEs, o acetaminofeno também tem sido demonstrado como é um analgésico eficaz em doentes com faringite. Embora a aspirina também seja eficaz para reduzir a dor em adultos com infecção respiratória superior, é evidente que deve ser evitado em crianças, devido ao risco para a síndrome de Reye. Um......

Ver Índice

04/04/2010

Revisões

Glomerulonefrite Difusa Aguda ou Glomerulonefrite Pós-estreptocócica

...ncia renal aguda. Hemograma e Perfil de Coagulação • Anemia decorrente da expansão do volume, que gera leve diluição da concentração de hemoglobina; • plaquetopenia transitória pela diminuição da meia-vida plaquetária; • fatores de coagulação possivelmente alterados, com diminuição do fator XIII e alfamacroglobulina, diminuição do nível e da atividade da antitrombina III e ......

Ver Índice

16/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Eritromicina

...% ou Glicose 5%. Volume: 10 mL. DILUIÇÃO Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: pelo menos 100 mL. Estabilidade após reconstituição com Cloreto de Sódio 0,9%: Temperatura ambiente (15-30ºC): 8 horas. Estabilidade após reconstituição com Glicose 5%: Temperatura ambiente (15-30ºC): 2 horas. Duração da infusão: 20 a 60 minutos Infusão Intravenosa – Eritromicina 1 g R......

Ver Índice

24/04/2014

Casos Clínicos

Eritema nodoso em paciente com LES

... nodoso ainda não é completamente definida, mas presume-se que represente uma reação de hipersensibilidade a uma variedade de antígenos. Histologicamente, é caracterizado por uma paniculite septal, ou seja, uma inflamação do tecido gorduroso subcutâneo, eventualmente acompanhada de achados compatíveis com vasculite. As lesões podem ser acompanhadas de artralgias, febre e astenia, com elevação fre......

Ver Índice

06/06/2010

Revisões

Glomerulonefrites Agudas

...almente à custa de redução do componente C3 do complemento, com normalização após 8 semanas. Caso a hipocomplementemia seja persistente, deve-se considerar outras possibilidades diagnósticas, como a glomerulonefrite membranoproliferativa ou a nefrite lúpica. Culturas de orofaringe ou pele não são necessárias. Frente a um quadro clínico típico de GNPE em crianças, a biópsia renal não é necessária......

Ver Índice

17/11/2008

Revisões

Febre Reumática

...os primeiros 5 anos após o surto inicial e nos pacientes com doença cardíaca reumática prévia. Em pacientes sem profilaxia secundária, a freqüência de recorrência é de 20 a 50%. A mortalidade é associada ao grau de comprometimento cardíaco, ocorrendo sobretudo em pacientes que desenvolvem pancardite. BIBLIOGRAFIA 1. Ayoub EM, Alsaeid K. Acute rheumatic fever and post-streptococcal arthr......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...s de unidades a cada 6 horas EV ou ceftriaxona 1 g/dia EV. Nos casos leves a moderados, pode ser administrada precocemente a doxicilina 100 mg VO 2 vezes/dia por 7 dias. Febre tifoide Fluoroquinolonas são o tratamento de escolha. Ciprofloxacino 750 mg 2vezes/dia ou levofloxacino 500 mg 1vez/ dia por 5 a 7 dias nos casos não complicados e 10 a 14 dias para infecção grave. Ceftriaxona 2 g/di......

Ver Índice

09/03/2009

Revisões

Exantema Febril

...Dermatology. 2. ed. London: Mosby; 2003. 10. Schachner LA, Hansen RC. Pediatric dermatology. 3. ed. London: Mosby; 2003. Exantema Febril Luciana Moura Gori sarampo rubéola eritema infeccioso exantama súbito mononucleose infecciosa dengue HIV agudo farmacodermia escarlatina síndrome do choque tóxico doença de Kawasaki doença de Still leptospirose febre tifoide sífilis secundária roséola dengue exa......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Erisipela

...lhosa. As áreas comprometidas são em geral membros inferiores, face ou abdome. SINONÍMIA Mal-do-monte, esipra. ETIOLOGIA DA ERISIPELA Os estreptococos são os beta-hemolíticos do grupo A. Muito raramente, quadros clínicos semelhantes podem ser produzidos por StaphyIococus aureus. RESERVATÓRIO O homem. MODO DE TRANSMISSÃO DA ERISIPELA A penetração do estreptococo na pele ocorre p......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal