Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Gonadotrofina Corionica Humana" obteve 16 resultados.

Página:  de 2

21/05/2012

Remédios

Gonadotrofina Coriônica Humana

...as, na face lateral da coxa. USO INJETÁVEL – DOSES • doses em termos de gonadotrofina coriônica humana: ADULTOS Indução da ovulação: 5.000 a 10.000 UI, um dia após a última dose de menotrofina ou urofolitrofina; ou 5 a 9 dias após a última dose de clomifeno. Hipogonadismo hipogonadotrófico masculino: 1.000 a 4.000 UI, 2 ou 3 vezes por semana, durante diversas semanas ou meses. Na i......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Gonadotrofina Coriônica Humana

...ES Adultos Indução da Ovulação 5.000 a 10.000 UI, um dia após a última dose de menotrofina ou urofolitrofina; ou 5 a 9 dias após a última dose de clomifeno. Hipogonadismo Hipogonadotrófico Masculino 1.000 a 4.000 UI, 2 ou 3 vezes por semana, durante diversas semanas ou meses. Na infertilidade, para indução da espermatogênese, o tratamemto geralmente se estende por 6 meses ou mais. Insu......

Ver Índice

11/06/2012

Remédios

Menotrofina

...nte 9 a 12 dias (no máximo), seguidas de uma injeção de gonadotrofina coriônica humana (5.000 ou 10.000 UI), via intramuscular, no dia seguinte ao da última aplicação de menotrofina, caso não tenha havido aumento anormal do ovário durante aqueles 9 a 12 dias. Caso ocorra a ovulação, mas não seguida por gravidez, o esquema posológico descrito pode ser repetido por 2 vezes, no máximo. Não havendo su......

Ver Índice

30/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Menotrofina

...rianças, na face lateral da coxa, profundamente. USO INJETÁVEL – DOSES Adultos Mulheres Iniciar com 75 UI por dia, durante 9 a 12 dias (no máximo), seguidas de uma injeção de gonadotrofina coriônica humana (5.000 ou 10.000 UI), via intramuscular, no dia seguinte ao da última aplicação de menotrofina, caso não tenha havido aumento anormal do ovário durante aqueles 9 a 12 dias. Caso ocorra a......

Ver Índice

24/10/2013

Revisões Internacionais

Infertilidade – Eric D. Levens, Alan H. Decherney

...ninger S, Mahony M, Ozgur K, et al. Clinical significance of human sperm-zona pellucida binding. Fertil Steril 1997;67:1121–7. 22. Hlinka D, Herman M, Vesela J, et al. A modified method of intracytoplasmic sperm injection without the use of polyvinylpyrrolidone. Hum Reprod 1998;13:1922–7. 23. Feinberg EC, Levens ED, DeCherney AH. Infertility surgery is dead: only the obituary remains? Fert......

Ver Índice

23/01/2014

Revisões Internacionais

Gestação ectópica e aborto espontâneo – Eric D. Levens, Michael D. Wittenberger, Alan H. Decherney

...roids, infertility and pregnancy wast­age. Hum Reprod Update 2000;6:614. 44. Guimarães Filho HA, Mattar R, Pires CR, et al. Comparison of hysterosalpingography, hysterosonography and hyster­oscopy in evaluation of the uterine cavity in patients with recurrent pregnancy losses. Arch Gynecol Obstet 2006; 274:284–8. 45. Coulam CB. Immunologic tests in the evaluation of repro­ducti......

Ver Índice

26/10/2012

Revisões Internacionais

Complicações médicas na gestação – Ellen W. Seely, Jeffrey Ecker

...lâmpsia também pode se sobrepor à hipertensão crônica. Quando isto ocorre, observa-se uma exacerbação da hipertensão acompanhada de uma nova manifestação de proteinúria ou da piora de uma proteinúria preexistente. A pré-eclâmpsia complica 3 a 5% das gestações, sendo mais comum nos casos de 1ª gestação. Patogênese A causa da pré-eclâmpsia é desconhecida. A raiz deste distúrbio consi......

Ver Índice

21/03/2014

Revisões

hiperprolactinemia

...stico Para a correta identificação da etiologia da hiperprolactinemia, vários fatores devem ser considerados, como história clínica, exame físico, achados laboratoriais e exames de imagem para estudo da sela túrcica. Diagnosticada a hiperprolactinemia, deve-se inicialmente investigar o uso de substâncias que possam elevar a PRL. É importante lembrar que o uso crônico de algumas drogas ilícitas, ......

Ver Índice

10/02/2012

Revisões Internacionais

Menstruação normal e anormal

...de do endométrio secretor da fase lútea. a b c d Figura 3. A ultrassonografia pélvica pode ser empregada na avaliação do crescimento folicular e do aumento da espessura do endométrio tanto n......

Ver Índice

29/01/2014

Revisões

Hipertireoidismo

... (TSH), tiroxina livre (T4L) e tri-iodotironina (T3). Definição O hipertireoidismo é o funcionamento excessivo da tireoide, resultando na produção excessiva de hormônio tireoidiano, seja por estímulo tireotrófico ou por função autônoma do tecido tireoidiano. O excesso circulante de hormônio tireoidiano causa a síndrome clínica denominada tireotoxicose. A tireotoxicose é a síndrome clínica......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal