FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Uso Das Vitaminas c e e Para Prevenir Complicacoes Associadas a Pre Eclampsia Livre" obteve 6 resultados.

Página:  de 1

26/03/2012

Artigos

Uso das vitaminas C e E para prevenir complicações associadas à pré-eclâmpsia

...ca clínica O presente estudo, que avaliou um número significativo de gestantes nulíparas de baixo risco, demonstrou categoricamente que a suplementação de vitaminas C e E realizada entre a 9a e a 14a semana de gestação não reduz nem a incidência de pré-eclâmpsia grave, nem a ocorrência de complicações materno-fetais relacionadas a hipertensão. Bibliografia 1. Roberts J, Myatt L, Spong CY......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Vitaminas e Substâncias Minerais

...alidade deve ser feito em associação com colecalciferol em doses diárias superiores a 400 UI. Porém, ainda assim o benefício é mais patente somente em pessoas em instituições de longa permanência quanto a prevenção de fraturas não vertebrais. Em pacientes de ambulatório, o risco de efeitos adversos decorrentes do uso combinada a vitamina D, como hipercalcemia, formação de cálculos urinários e insu......

Ver Índice

16/09/2015

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Vitaminas e Substâncias Minerais

...e deficiência dietética, síndrome de má-absorção, menorragia, após gastrectomia total ou subtotal e em pacientes com insuficiência renal crônica, indicação prevista em Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica do Ministério da Saúde. O uso de ferro com as refeições pode reduzir sua biodisponibilidade, mas melhorar a adesão ao tratamento por diminuir seus efeitos adversos (ver monografia, página 100......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

... t intramuscular: 10 a 30 minutos t oral (liberação imediata): 30 minutos Duração da ação t epidural/intratecal: acima de 24 horas t subcutânea: 4 a 7 horas. t intramuscular: 4 a 5 horas. t oral (liberação imediata): 4 horas t Metabolismo: hepático. t Meia-vida de eliminação: 1,5 a 4,5 horas. t Excreção: renal e fecal. Efeitos adversos t Edema periférico (5% a 10%); prurido (......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...saudáveis é de cerca de 2,3%. Assim como o fator V de Leiden, esta mutação é bastante rara em asiáticos e africanos. Diferente do fator V de Leiden, a mutação é mais comum em sul-europeus do que em norte-europeus.43 O risco relativo de trombose em indivíduos com esta mutação é de 2,8, e este valor é similar ao do risco relativo apresentado por indivíduos com fator V de Leiden.44 A mutação pode ser......

Ver Índice

22/08/2012

Revisões Internacionais

Cefaleia – Randolph W. Evans

...ital e acarreta predisposição a rupturas. A atrofia também permite que os hematomas se acumulem de maneira assintomática no indivíduo idoso durante um período mais longo do que em um indivíduo jovem. Outros fatores de risco incluem o uso de aspirina ou varfarina,59 e o alcoolismo. As cefaleias estão presentes em até 90% dos pacientes com traumatismo craniano. As dores de cabeça são inespecíficas......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal