FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Etinilestradiol

Etinilestradiol

(oral) (substância ativa)

 

O que é

antineoplásico; antimenopausa; hormônio sexual feminino [estrogênio sintético].

 

Para que serve

hipogonadismo feminino; menopausa (sintomas vasomotores da); câncer de próstata; deficiência de estrogênio.

•usado em associações. É o estrogênio de eleição nas pílulas anticoncepcionais. Ver instruções dos fabricantes.

 

Como age

estrogênios são essenciais para o funcionamento do sistema reprodutor feminino. Estrogênios diminuem a liberação do hormônio liberador de gonadotropina, interferindo com a liberação de gonadotropinas pela hipófise (diminui a liberação de hormônio luteinizante e hormônio folículo-estimulante). Inibem a ovulação e impedem o engurgitamento das mamas no pós-parto. Inibem a reabsorção óssea. Também diminuem as concentrações da testosterona.

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Etinilestradiol.

•durante as refeições ou na hora de deitar (no caso de apenas 1 dose por dia).

Adultos

hipogonadismo feminino: 0,05 mg por dia ou até 3 vezes por dia, durante 2 semanas por mês, seguido por terapia com progesterona por 2 semanas. Continuar esse esquema por 3 a 6 meses, interrompê-lo por 2 meses e recomeçar o tratamento nos mesmos moldes.

menopausa (sintomas vasomotores): 0,02 a 0,05 mg por dia, em ciclos de 3 semanas de tratamento e 1 semana sem a medicação.

câncer de próstata: 0,15 a 3 mg por dia.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe X

 

Amamentação

eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

neoplasia dependente de estrogênio conhecida ou suspeita; tromboflebite ou distúrbio tromboembólico ativo; sangramento vaginal anormal e não diagnosticado.

 

Avaliar riscos x Benefícios

endometriose (pode agravar); história de doença na vesícula, particularmente pedras (pode agravar); diminuição da função do fígado, pancreatite ou hiperlipidemia familiar (podem agravar); leiomioma uterino (pode aumentar); hipercalcemia associada com câncer ósseo ou metástase de câncer de mama (pode ocorrer grave hipercalcemia); história de tromboflebite, distúrbio tromboembólico ou trombose induzida por estrogênio.

 

Reações que podem ocorrer (sem incidência definida):

abatimento; acne (espinha); agravamento da porfiria; alteração da cor das fezes; alteração das secreções cervicais; alteração do fluxo menstrual; alteração do desejo sexual; alteração metabólica; alteração nas mamas (sensibilidade, aumento do tamanho, secreções); aparecimento de pelos; aumento de peso; aumento do tamanho dos fibromas uterinos; cãibra nas pernas; candidíase vaginal; caroços nas mamas; cólica abdominal; constipação intestinal; depressão; diarreia; diminuição ou aumento do apetite; dor à menstruação; dor de cabeça; dor, amortecimento ou rigidez nas pernas ou nas nádegas; erosão cervical; escurecimento da urina; excesso de movimentos involuntários com as mãos; icterícia colestática (cor amarelada na pele e/ou nos olhos, coceiras); inchaço de mãos ou pés; inchaço; intolerância às lentes de contato; mancha no rosto; náusea; oleosidade na pele; parada da menstruação; perturbação visual; piora da miopia ou do astigmatismo; pressão alta; pressão ou dor no tórax; problema na boca; queda de cabelos; respiração curta; sangramento gêniturinário; seborreia; tontura; tromboembolismo; tromboflebite; trombose cerebral; urticária; vômito.

em homens: aumento do tamanho das mamas; atrofia testicular; impotência (reversíveis ao final do tratamento).

 

Atenção ao utilizar outros produtos

O Etinilestradiol

•pode interferir com os efeitos de: bromocriptina (não associar).

•pode aumentar a ação e/ou os efeitos tóxicos de: ciclosporina.

•pode aumentar o risco de toxicidade no fígado com: medica- mento hepatotóxico (dantroleno; isoniazida) (ver Apêndice).

 

Outras considerações importantes

•descontinuar o uso do produto pelo menos 1 semana antes de cirurgia associada a uma alta incidência de tromboembolismo.

•pacientes diabéticos devem ter as doses de insulina e de hipoglicemiantes orais reajustados durante o tratamento com este produto.

•no tratamento cíclico para os sintomas da menopausa, apesar do sangramento parar na semana em que o produto não é tomado, a fertilidade não é restaurada e a ovulação não ocorre.

•pacientes diabéticos devem avisar o médico se apresentarem sintomas de hiperglicemia ou de açúcar na urina.

•durante o tratamento, as mulheres devem ser submetidas regularmente a exames das mamas.

•usar o produto com cautela em adolescentes cujo crescimento ósseo ainda não tenha sido completado.

•descontinuar imediatamente o uso se a paciente ficar grávida durante o tratamento.

•o fumo, associado a esta medicação, pode aumentar o risco de desenvolvimento de problemas cardíacos ou vasculares. O risco aumenta em relação direta à idade da paciente e ao número de cigarros fumados por dia.

REMÉDIOS COM ETINILESTRADIOL EM SUA COMPOSIÇÃO

Alexa
Allestra 30
Anacyclin
Anfertil
Ciclofemme
Ciclogyn
Ciclon
Ciprane
Concepnor
Diane 35
Diminut
Elani 28
Fertnon
Gestradiol
Gestrelan
Ginesse
Gynera
Harmonet
Levordiol
Lovelle
Malu
Mercilon
Microdiol
Micropil
Minulet
Mirelle
Normamor
Nuvaring
Ovoresta
Primera
Primovlar
Repopil
Trinordiol

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal